Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 09-07-2012

SECÇÃO: Informação

Câmara prossegue apoio a coletividades

Reunido no dia 28 de junho, sob a Presidência do Engº Joaquim Barreto, o executivo municipal de Cabeceiras de Basto, decidiu prosseguir com o apoio às coletividades locais, tendo em vista auxiliar na dinamização de diversas iniciativas de cariz sócio-cultural, recreativo e desportivo cuja realização envolve a população em geral e as camadas mais jovens em particular, proporcionando-lhes espaços de ocupação salutar dos tempos livres.
Neste âmbito, o executivo decidiu apoiar o Cavez Clube de Caça e Pesca atribuindo-lhe um apoio financeiro para ajudar a custear despesas tidas com a realização do Concurso Nacional de Pesca Desportiva de Rio que teve lugar no mês passado na Pista de Pesca Desportiva de Cavez. Uma infra-estrutura municipal, com 120 pesqueiros e 2.800 metros de cumprimento, localizada nas margens do Rio Tâmega, que desde a sua construção, em 2000, tem vindo a acolher inúmeras provas seja de cariz regional, nacional e até mundial, com centenas de participantes, cuja permanência no local, criam dinâmicas socio-económicas de grande importância para o concelho e em particular para a freguesia de Cavez.
O executivo decidiu igualmente apoiar a Associação Cultural e Desportiva de S. Nicolau de Basto, que fomenta a atividade desportiva, em especial a modalidade de futebol e que agrega dezenas de jovens na sua prática. O apoio concedido destina-se a ajudar a suportar despesas interentes a obras de manutenção e melhoramento do parque desportivo daquele clube que ali promove diversas ações ao longo do ano.
No decurso desta reunião, foram ainda adjudicados vários serviços, nomeadamente de ‘design de comunicação’, ‘produção e fornecimento de material promocional’ e de ‘conceção e desenvolvimento de conteúdos e aplicações multimédia’ no valor global de 144.708,70 euros, no âmbito de obras em curso, cujos projetos implicam recurso às novas tecnologias da comunicação. Mais decidiu, adjudicar a prestação de serviços de ‘consultoria jurídica’ e de dinamização do ‘gabinete de inserção profissional’, que doravante passa a funcionar no edifício da Câmara Municipal.
Por fim, o executivo tomou conhecimento e aprovou a intenção da empresa municipal Emunibasto subscrever 2.500 títulos do capital social da Terra + Verde – Gestão Integrada da Floresta, Cooperativa de Interesse Público e Responsabilidade, Lda.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.