Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 09-07-2012

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
Executivo Municipal distingue músico e atletas Cabeceirenses

Ainda na sequência das principais deliberações tomadas na última reunião do executivo, realizada no passado dia 14 de junho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto decidiu aprovar três votos de louvor e congratulação a três jovens cabeceirenses que se distinguiram nos campos da música e do desporto.

Pedro Teixeira exímio tocador de saxofone

Neste âmbito, foi agraciado Pedro Miguel Leite Teixeira, com 16 anos de idade, residente na freguesia de Refojos e que apesar de tenra idade, apresenta já um percurso de sucesso na área da música, mais concretamente na vertente do saxofone.
De referir que este jovem cabeceirense iniciou cedo os seus estudos musicais, um percurso que já lhe valeu reconhecido talento e mérito em concursos nacionais e internacionais.
Aos 12 anos ingressou na centenária Banda Cabeceirense. Concluiu o Curso Básico de Instrumentista de Sopro no ano letivo 2009/2010, ano em que ingressou na Academia de Música Valentim Moreira de Sá, em Guimarães, na classe do professor Luís Ribeiro.
Em 2010 conquistou o 3.º prémio na terceira edição do ‘Concurso de Instrumentista de Sopro’ realizado na Academia de Música Valentim Moreira de Sá, o 3.º lugar no ‘IV Concurso Nacional Terras de la Salette’ no ano de 2011, sendo ainda laureado com o 1.º prémio no ‘Concours International Adolphe Sax’ no dia 4 de fevereiro de 2012, em Paris, França.
Do seu percurso destacam-se a presença no ensemble de saxofones que representou a Academia de Música Valentim Moreira de Sá, sendo selecionado para participar na iniciativa ‘Os Dias da Música’ , em 2010, no Centro Cultural de Belém.
Participou em cursos de aperfeiçoamento com os professores António Felipe Belijar (professor em ‘Alcalá de Henares Professional Conservatory’ e ‘Francisco de Vitoria University’ em Madrid), Otis Murphy (professor em ‘Indiana University Jacobs School of Music’) e João Pedro Silva (professor na Universidade ‘Metropolitana’ e no ‘Conservatório Regional de Palmela’).
Atualmente, estuda na Escola Secundária Francisco de Holanda no 11.º ano, frequentando ainda o sétimo grau de ensino complementar de Música na Academia de Música Valentim Moreira de Sá, em Guimarães, na classe do professor Luís Ribeiro.
De referir que graças ao seu esforço, dedicação e empenho, o jovem conquistou já um lugar de destaque no panorama musical nacional e internacional, facto comprovado pela conquista de vários prémios nacionais e internacionais, promovendo e divulgando Cabeceiras de Basto além-fronteiras.
Por tudo isto, a Câmara Municipal, deliberou aprovar um voto de louvor, congratulação e regozijo ao jovem músico Pedro Miguel Leite Teixeira pelos êxitos conseguidos e muito particularmente pela obtenção do 1.º prémio no ‘Concours International Adolphe Sax’ neste ano em Paris, França.
Segundo apuramos, o jovem músico cabeceirense vai participar em audições abertas ao público na sua classe, no próximo dia 18 de Julho, na Casa da Música, no Porto.

Cabeceirenses distinguem-se
no atletismo

Nesta reunião, o executivo municipal decidiu também homenagear os atletas Cabeceirenses Luís Miguel Gonçalves e João Miguel Machado, que conquistaram sete medalhas no Campeonato do Mundo de Síndrome de Down, prova que decorreu em Angra do Heroísmo, nos Açores, entre os dias 15 e 21 de maio, organizada pela Federação Internacional de Atletismo para Syndrome de Down (IAADS), tal como o Ecos de Basto informou na edição anterior.
Refira-se que, neste campeonato mundial, Luís Miguel Gonçalves, natural da freguesia de Cavez, conquistou quatro medalhas de prata e uma de bronze, enquanto João Miguel Machado, natural da freguesia de Painzela, arrecadou uma medalha de prata e uma de bronze, contribuindo assim para o êxito da seleção portuguesa no 2.º Campeonato do Mundo de Atletismo Síndrome de Down, onde se sagrou campeã mundial.
Luís Miguel Gonçalves destacou-se nas provas de 200 metros, 4x100 metros, 4x400 metros e no salto em comprimento, onde obteve a Medalha de Prata e na prova dos 100 metros, onde recebeu a Medalha de Bronze.
João Miguel Machado conseguiu a Medalha de Prata nos 4x100 metros e a Medalha de Bronze no triatlo.
O mérito, esforço e empenho destes atletas, já aclamados campeões nacionais, da europa e do mundo, tem contribuído em larga medida para o seu reconhecimento pessoal enquanto atletas, facto que engrandece o desporto em geral e o atletismo síndrome de Down, em particular.
Os feitos alcançados por estes dois atletas de Cabeceiras de Basto têm também contribuído para levar no nome do concelho além-fronteiras, motivo pela qual a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou em reunião do executivo, um Voto de Louvor, Congratulação e Regozijo aos dois atletas.
Refira-se que os jovens cabeceirenses, que correm pela CERCIFAF, foram apoiados pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, através da Associação Nacional de Desporto para a Deficiência Intelectual de Portugal (ANDDI), no âmbito da realização do 1º e do 2.º Campeonato da Europa de Atletismo Síndrome de Down (IAADS).

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.