Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 18-06-2012

SECÇÃO: Informação

Seminário Ibérico encerra Encontros de Educação

Presidente de Câmara assina protocolo para criação de Rede de Bibliotecas Norte
Presidente de Câmara assina protocolo para criação de Rede de Bibliotecas Norte
O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, encerrou no dia 8 de junho, o Seminário Ibérico ‘As Bibliotecas e as Aprendizagens no século XXI’ promovido pelo Centro de Formação de Basto, no âmbito da 15.ª edição dos Encontros de Educação de Basto e Barroso, iniciativa itinerante que este ano decorreu no Município Cabeceirense.
A sessão de encerramento contou, ainda, com a presença do subdiretor geral da Administração Escolar, Fernando Ferreira, do presidente da Câmara Municipal de Mondim de Basto, Humberto Cerqueira, dos vereadores das Câmaras de Celorico de Basto e Montalegre, Carlos Peixoto e Fátima Fernandes, do professor catedrático da Universidade do Minho, João Formosinho e do diretor do Centro de Formação de Basto, João Carlos Sousa.
Congratulando-se com a iniciativa que reuniu atores educativos de diferentes concelhos, o presidente da Câmara de Cabeceiras de Basto realçou “o trabalho em rede e o aprofundamento dos conhecimentos ao nível do setor educativo e cultural” promovido pelo seminário ibérico.
Felicitando os professores e técnicos do norte de Portugal e da Galiza que se associaram ao evento, Joaquim Barreto falou da importância da “era da revolução tecnológica”, sendo necessário “refletir e questionar as aprendizagens do século XXI”.
Enaltecendo o êxito desta edição dos Encontros, o autarca garantiu que “da parte do Município de Cabeceiras de Basto continuaremos a ser parceiros ativos neste setor da Educação”.
O Vereador Domingos Machado abriu Seminário Ibérico
O Vereador Domingos Machado abriu Seminário Ibérico
Na sua intervenção, o subdiretor geral da Administração Escolar deu os parabéns à organização dos Encontros de Educação de Basto e Barroso e destacou as “sinergias” criadas por esta iniciativa. “É assim que se constrói algo de diferente e de melhor” na Educação do nosso país, reconheceu Fernando Ferreira.
O grande impulsionador destes Encontros de Educação, o diretor do Centro de Formação de Basto, João Carlos Sousa, fez um balanço destes 15 anos de atividade e agradeceu publicamente o empenho de todos no sucesso desta iniciativa, designadamente aos Municípios de Basto e Barroso envolvidos neste evento.
Adotando um “modelo mais económico” em 2012, os Encontros de Educação pautam-se pela “racionalização de recursos e pela união de sinergias”, revelou João Carlos Sousa.
Neste momento, o Centro de Formação de Basto já se encontra a delinear a 16.ª edição dos Encontros de Educação de Basto e Barroso, que em 2013 se realizará em Mondim de Basto.
Refira-se que o seminário ibérico que arrancou na passada quarta-feira, dia 6 de junho, juntou no Auditório Municipal Ilídio dos Santos dezenas de professores/bibliotecários que debateram o tema das bibliotecas e das aprendizagens no século XXI. Para além dos docentes do Norte do país, este seminário contou com a presença de professores da Universidade de Vigo e de Santiago de Compostela.
Temas como ‘O conhecimento à distância de um clic’, ‘Comunidades Virtuais de Aprendizagem’ e as ‘Bibliotecas e conhecimento: experiências no terreno’ estiveram em cima da mesa ao longo do dia.
Ao final da tarde foi apresentado o livro do autor João Carlos Sousa intitulado ‘A Formação Contínua de Professores – Modelos, Políticas e Percursos’ por Jorge Nascimento, seguindo-se a assinatura dos protocolos para a criação da Rede de Bibliotecas Norte (RBN).
Técnicos, professores e autarcas abordaram as Bibliotecas e as Aprendizagens no séc. XX
Técnicos, professores e autarcas abordaram as Bibliotecas e as Aprendizagens no séc. XX

Rede de Bibliotecas Norte iniciativa
do Centro de Formação de Basto

A Rede de Bibliotecas Norte é uma iniciativa do Centro de Formação de Basto, em parceria com os Municípios aderentes e da Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB).
O protocolo que cria a Rede de Bibliotecas Norte foi, assinado pelos presidentes das Câmaras Municipais de Cabeceiras de Basto, Mondim de Basto e Vieira do Minho, assim como pelos vereadores dos Municípios de Celorico de Basto, Montalegre e Paredes, a que se irão juntar os concelhos de Fafe, Ribeira de Pena e Penafiel.
O objetivo da Rede de Bibliotecas Norte é proporcionar o desenvolvimento das bibliotecas instaladas em cada um dos concelhos através de uma política coordenada de aquisições, a compatibilização e a troca de informação bibliográfica e a dinamização do empréstimo interbibliotecas, assente na observância de princípios técnicos comuns, através de uma plataforma tecnológica no endereço www.rbn.pt.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.