Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 18-06-2012

SECÇÃO: Informação

Cedência de escolas devolutas à Junta de Vilar de Cunhas

A assinatura do protocolo decorreu no Salão Nobre
A assinatura do protocolo decorreu no Salão Nobre
Na reunião, a Câmara Municipal decidiu igualmente ceder, temporariamente, à Junta de Freguesia de Vilar de Cunhas, as Escolas Básicas do primeiro ciclo agora desativadas existentes nos lugares da Uz e de Cunhas. O objetivo prende-se com a necessidade daquela autarquia disponibilizar às populações ‘cravadas’ na zona mais serrana do concelho, espaços de fruição coletiva que permitam acolher a realização de atividades diversas e proporcionar momentos de convívio e de confraternização entre as pessoas que ali residem.
Nos dois casos, ao ceder as instalações devolutas que uma vez desocupadas acabariam por se deteriorar mais facilmente, a Câmara Municipal está a dar uma nova funcionalidade aos equipamentos públicos, colocando-os ao dispor da população e desta forma salvaguardando a conservação deste tipo de património edificado.
Segundo apuramos o potocolo de cedência de instalações foi assinado no dia 5 de junho, no Salão Nobe dos Paços do Concelho.
O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, e o presidente da Freguesia de Vilar de Cunhas, Manuel António Ramos, firmaram assim, este protocolo para a cedência temporária das instalações das antigas escolas básicas que é válido pelo período de um ano, renovando-se automaticamente por iguais períodos.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.