Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 18-06-2012

SECÇÃO: Informação

A USCAB e as suas Actividades

Alunos da Universidade Sénior
Alunos da Universidade Sénior
Visita ao Museu de Aveiro e Lugar dos Afectos

No passado dia 26 de Maio os alunos da Universidade Sénior de Cabeceiras de Basto (USCAB) deslocaram-se a Aveiro, onde visitaram o Museu da Cidade de Aveiro ou da Santa Joana Princesa como também é conhecido, e o Lugar dos Afectos, também naquela cidade.
Partiu-se de Cabeceiras cerca das 8 horas e por volta das 10,30 já o grupo estava acompanhado da respectiva guia para iniciar a visita ao Museu.
Entrámos no piso térreo, também designado por coro baixo, onde se encontra o túmulo da “Princesa Santa Joana”.
Após algumas explicações acerca do Convento Museu seguiu-se para a Igreja Conventual que é extremamente bonita, com as suas pinturas e baixo-relevo em talha dourada. Passou-se então para as salas e corredores, já no segundo piso. Como todo ele é de cariz religioso, com espaços amplos, contém em todas as salas, corredores e outros, figuras de imagens de outros conventos e igrejas, bem como as do próprio convento.
Apreciaram-se então lugares próprios de culto religioso das freiras da época, bem como o refeitório e o coro alto com capela privativa, onde eram realizados os actos religiosos em privado.
O Convento é datado do século XV, fundado por D. Brites e D. Mercia. Até ao século XVIII foram feitas várias alterações, deixando a partir dessa altura de exercer a sua actividade.
Para a Ordem de Jesus Dominicana feminina entrou Santa Joana em 1472. Era filha do rei de Portugal D. Afonso V. Ali fez o seu percurso de vida e ali faleceu, tendo sido beatificada em 1693.
Ainda integrada nesta visita a Aveiro foi-se ao “Lugar dos Afectos”, fundado pelo nosso guia e sua esposa, ambos médicos. Ali existem várias casinhas contendo uma configuração adequada a cada situação da vida das pessoas, isto é, considerando que o homem nasce da terra e para a terra volta, mas é confusa essa ostentação humanística que se baseia no abstracto.
E assim finalizou a visita com o regresso a Cabeceiras.

Manuel Domingues Ferreira

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.