Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-05-2012

SECÇÃO: Informação

Cabeceirenses cantaram Abril

Associação Basto em Ação venceu concurso
Associação Basto em Ação venceu concurso
A Associação Basto em Acção foi a grande vencedora do Concurso de Cantigas da Liberdade, uma iniciativa que marcou este ano a realização do décimo segundo encontro de cantigas que se realizou no dia 22 de abril, no Pavilhão Gimnodesportivo de Cavez e que juntou centenas de pessoas. Em segundo lugar ficou classificada a Associação Recreativa e Cultural do Arco de Baúlhe (ARCA) e em terceiro lugar o Coral S. João Batista de Cavez que receberam, respetivamente, prémios pecuniários no valor de 300, 250 e 200 euros.
Neste encontro/concurso subiram ao palco 27 grupos em representação das associações e instituições concelhias, 15 os quais que participaram no encontro e 12 que se apresentaram ao concurso. A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e pela Emunibasto teve como principais objetivos proporcionar um espaço de convívio intergeracional aos diferentes grupos participantes e celebrar a histórica da Revolução dos Cravos de 1974.
Ao evento não faltaram os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Eng.º Joaquim Barreto e Dr. China Pereira, os vereadores Dr. Domingos Machado e Francisco Pereira, os presidentes das Juntas de Freguesia, as administradoras da Emunibasto, Dra. Fátima Oliveira e Prof. Stela Monteiro, a diretora da Basto Vida, Dra. Catarina Ramos, membros da Assembleia Municipal, convidados e público em geral.
Na oportunidade, o presidente da Câmara Municipal, Eng.º Joaquim Barreto, agradeceu a presença de todos os grupos participantes, assim como do público que se associou à festa no Pavilhão Gimnodesportivo da freguesia de Cavez.
Para Joaquim Barreto “cantar Abril é prestar homenagem aos capitães, militares e demais cidadãos portugueses que nos deram a democracia e a liberdade”. Depois de elogiar a presença de pessoas de diferentes idades no encontro de Cantigas da Liberdade, o presidente da Câmara falou da importância dos ideais do 25 de Abril, da sua tradição e da sua cultura. “Queremos continuar a cantar Abril”, desejou Joaquim Barreto.
Na sua intervenção, o presidente da Assembleia Municipal, Dr. China Pereira, felicitou a organização pela realização deste evento, realçando “as mensagens de liberdade” que foram interpretadas pelos diferentes grupos que fizeram “refletir o público” e incentivaram “à luta por uma sociedade mais justa”.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.