Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 27-02-2012

SECÇÃO: Informação

Município Cabeceirense a favor da continuidade de Carlos Duarte como Vogal Executivo da Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional do Norte

O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, é um dos 84 subscritores da proposta que apela à continuidade do Eng.º Carlos Duarte como Vogal Executivo da Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional do Norte, que funciona na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN).
O documento foi rubricado por 84 dos 86 Municípios que integram a área de intervenção da CCDRN durante uma reunião que se realizou no passado dia 22 de fevereiro, em Vila Real.
A reunião, promovida pela Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), ficou marcada pela assinatura da proposta onde se lê: “entendem, os Municípios subscritores, reiterar, de forma clara e inequívoca, a sua confiança no Eng.º Carlos Duarte, pela imperiosa necessidade de dar seguimento à excelência do trabalho realizado e propor à Associação Nacional de Municípios Portugueses, a sua continuidade como Vogal Executivo da Comissão Diretiva do Programa Operacional Regional do Norte”.
Esta proposta assenta em três considerandos, designadamente: “que o Programa Operacional Regional é um instrumento de importância estratégica para o desenvolvimento sustentável do Norte e que a sua gestão tem sido, até ao momento, desenvolvida no quadro do superior interesse da região, das suas instituições e das suas populações; que o Eng.º Carlos Duarte, como representante dos Municípios da Região Norte na Comissão Diretiva do PORN, sempre evidenciou uma profunda compreensão dos problemas, anseios e ambições da região, assim como uma grande proximidade às populações, às autarquias e às instituições; e que o Eng.º Carlos Duarte tem desempenhado as suas funções na referida Comissão Diretiva com excecional competência, destacando-se a forma como soube, de forma exemplar, interpretar e executar corretamente as suas funções, bem como todas as competências que lhe foram delegadas”.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.