Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 19-12-2011

SECÇÃO: Informação

Maquetas de Natal ecológicas em exposição

Trinta Maquetas de Natal estão em exposição na Casa Municipal da Cultura de Cabeceiras de Basto, no âmbito do concurso que anualmente, nesta quadra natalícia, é promovido pela Câmara Municipal, através da Emunibasto.

Exposição pode ser apreciada até ao dia 27 de Janeiro
Exposição pode ser apreciada até ao dia 27 de Janeiro
Produzidos pelas crianças dos jardins-de-infância e alunos das escolas do 1.º Ciclo de Cabeceiras de Basto, os trabalhos recorreram a materiais ecológicos (cartão, plástico, tecidos, folhas, pinhas) e até mesmo a frutas e legumes que dão um colorido especial à sala de exposições da Casa da Cultura Cabeceirense.
Sensibilizar e incutir nas crianças os valores do humanismo e da solidariedade, estimulando a sua criatividade foram os objectivos deste Concurso de Maquetas de Natal, cujas ‘obras de arte’ estarão em exposição até ao próximo dia 27 de Janeiro.
Aos vencedores de 2011 do Concurso de Maquetas de Natal foram entregues, no dia 14 de Dezembro, os respectivos prémios, durante a singela cerimónia de inauguração da exposição, que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Eng.º Joaquim Barreto, das administradoras da Emunibasto, Profª Stela Monteiro e Drª Fátima Oliveira, da directora do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, Dra. Céu Caridade e de outros colegas da direcção, assim como dos coordenadores dos estabelecimentos, professores e educadores.
Na categoria do Ensino Básico, o primeiro prémio foi atribuído às turmas 10 e 12 do 3.º ano do Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos, o segundo prémio foi entregue à EB1 da Ferreirinha (Cavez) e o terceiro prémio distinguiu as turmas 1 e 2 do 1.º ano do Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos.
Na categoria dos Jardins-de-Infância o primeiro prémio foi entregue ao JI do Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos, o segundo prémio ao JI da Faia e o terceiro prémio ao JI de Leiradas.
De salientar que a escolha dos classificados, realizada sob anonimato, foi efectivada por um júri composto por três elementos.
Os primeiros três classificados das duas categorias – Jardins-de-Infância e Escolas Básicas do Primeiro Ciclo - receberam prémios no valor de 60, 50 e 40 euros respectivamente, enquanto que todos os restantes participantes receberam um prémio de participação no valor de 30 euros, em material didáctico e pedagógico. Os prémios atribuidos perfazem um valor superior a mil euros que se traduzem em mais um investimento na educação e formação das crianças.
Reconhecendo a originalidade, criatividade e a mensagem que os trabalhos encerram, o presidente da autarquia cabeceirense, enalteceu a dedicação e o empenho que as crianças e os professores/educadores imprimiram em cada trabalho e realçou, ainda, aquilo que considerou ser o princípio básico subjacente ao envolvimento da comunidade educativa, que é “o gosto pela escola”. E acrescentou: “este tipo de concursos são também o início de um salutar despertar do espírito da competitividade”.
Na sua intervenção, a directora do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, Dra. Céu Caridade, agradeceu à organização afirmando que são actividades como esta que dão oportunidade de mostrar à comunidade os trabalhos que se desenvolvem nas salas de aula.
A Câmara Municipal e a Emunibasto pretendem, sobretudo, com estas iniciativas ir ao encontro de uma escola cada vez mais motivada e estimulante, aberta à comunidade através da participação em actividades que agregam vários agentes em prol de mais e melhor educação.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.