Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 19-12-2011

SECÇÃO: Opinião

Sol

Todas as manhãs voltas do Oriente
Sol amigo, brilhante e luminoso
Espalhando a luz dos raios quentes
Num abraço fraterno e carinhoso.

Contemplando outras paisagens distantes,
Até que à noite vais de partida,
Cobres oceanos, vales e montanhas
Por toda a parte despertas a vida.

Sol amigo, tu aqueces toda a terra;
Sem ti seria cheia de crateras,
Seria morta sem o teu calor,

A ti deve o grande dom da vida,
És tu que comandas a noite e o dia,
És tu ó Sol o astro-rei do amor.

Florêncio de Campos

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.