Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-11-2011

SECÇÃO: Educação

Semana da Educação foi um êxito

Feira do Outono juntou dezenas de crianças
Feira do Outono juntou dezenas de crianças
Com um balanço francamente positivo, encerrou a Semana da Educação que decorreu em Cabeceiras de Basto, de 17 a 22 de Outubro.
Mais de um milhar de pessoas, esteve envolvida na realização desta iniciativa organizada pela Câmara Municipal em colaboração com a Emunibasto, a Régie Cooperativa Basto Vida, o Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, o Externato de S. Miguel de Refojos e o Pólo de Formação de Basto, promovendo e dinamizando diversas acções direccionadas para a comunidade educativa em particular e para a população em geral.
O teatro, a hora do conto, os workshops de actividades práticas, a feira de Outono, a apresentação do livro ‘Uma terra Cabeceiras de Basto, uma lenda O Basto’, o teatro de fantoches, os ateliers de pintura, as palestras sobre os ‘perigos da internet e das redes sociais’ e a ‘alimentação saudável’, o peddy papper e outras actividades decorreram em diferentes cenários, tais como os Centros Escolares, as Escolas e Jardins de Infância, as Bibliotecas Municipais e Escolares, os Museus, entre outros equipamentos públicos, que desta forma ganharam nova dinâmica e envolveram a população em torno das questões da educação e da cultura.
Hora do Conto juntou dezenas de crianças do Agrupamento de Escolas
Hora do Conto juntou dezenas de crianças do Agrupamento de Escolas
‘Uma Semana onde se ensinaram e se aprenderam boas práticas e boas experiências’ disse em jeito de balanço o edil Cabeceirense, Engº Joaquim Barreto, para quem a promoção de actividades descentralizadas de cariz educativo, cultural e social, abrangeu várias gerações e permitiu que durante estes dias ‘sentissemos e vivessemos mais a cultura e a história do nosso concelho, assim como a forma de pensar e de agir das nossas gentes’.
Esta Semana ficou igualmente marcada pela entrega de mais de meio milhar de ‘kit’s’ educativos aos alunos do primeiro ciclo contendo material escolar e apoios para a aquisição de livros. Os auxílios económicos atribuidos, na ordem dos 17.300 euros, destinam-se por isso, a apoiar as crianças e respectivas famílias, representando um apoio à educação. A este valor acrescem outras verbas destinadas ao sector dos transportes escolares, refeições, actividades de enriquecimento curricular, prolongamento de horários e bolsas de estudo e cujo somatório representa um investimento que utrapassa um milhão de euros previsto pela Autarquia ao longo do ano lectivo.
De realçar ainda durante a Semana da Educação, a abordagem de temas actuais e pertinentes no âmbito das conferências ‘Problemas de comportamento e problemas de aprendizagem em sala de aulas’, ‘O ensino de ontem e de hoje’ ou a tertúlia ‘Justiça: Informação/Cidadania/Educação’, temáticas direccionadas sobretudo aos professores, educadores e população em geral.
Pólo da Biblioteca inaugurado no Centro Comunitário em Cavez
Pólo da Biblioteca inaugurado no Centro Comunitário em Cavez
No âmbito da Semana que findou, destaque também para a entrega de diplomas aos alunos do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto que concluiram com êxito mais uma etapa escolar seja através do Centro Novas Oportunidades, seja através da frequência de cursos técnico profissionais. A cerimónia de entrega dos prémios do VI Concurso Literário Conto Infantil dinamizado pela Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho, o lançamento do livro ‘Solidariedades na Misericórdia de Cabeceiras de Basto 1877-1930’, de Norberto Ferraz, a inauguração do Pólo da Biblioteca no Centro Comunitário de Cavez e os momentos musicais promovidos por jovens músicos da Banda Cabeceirense que desta forma se associaram à iniciativa, fizeram igualmente parte do programa, cujo sucesso só foi possível com o envolvimento de diversos parceiros e da comunidade em geral.
Ao longo desta Semana foram ainda apresentadas as exposições ‘Pormenores’, na Escola Básica e Secundária de Cabeceiras de Basto, ‘O ensino de ontem e de hoje’, no Externato S. Miguel de Refojos, ‘O meu Portugal’, de António Raposo, na Casa da Cultura ‘A Casa de Bragança Entre Douro e Minho (1442-1580)’ patente na Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho, no Arco de Baúlhe, estará aberta ao público até 31 de Dezembro.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.