Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 17-10-2011

SECÇÃO: Informação

Mais de 1.600 parâmetros avaliados no PMAC nos últimos três meses

Nos meses de Julho, Agosto e Setembro, o Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão (PMAC), actualmente sob a alçada da Régie Cooperativa Basto Vida, avaliou aos seus utentes 1.634 parâmetros, entre os quais a Tensão Arterial, a Frequência Cardíaca, a Glicemia, a Espirometria (exame aos pulmões), o SPO2 (saturação do oxigénio no sangue) e o Electrocardiograma (ECG).

Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão chega às freguesias mais afastadas da sede do concelho
Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão chega às freguesias mais afastadas da sede do concelho
Implementado em 2003, o Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão, resulta de uma estratégia que visa a criação de serviços de proximidade à população, tendo em vista um atendimento de qualidade, uma melhoria do acesso a um serviço social integrado, uma divulgação de informação que promova a cidadania e a participação dos cidadãos, bem como a aproximação de uma equipa dinâmica às comunidades, estando atenta à sua vivência, designadamente aos grupos vulneráveis da sociedade, como sejam crianças, idosos, desempregados de longa duração e mulheres.
O PMAC tem como principal objectivo apoiar as populações dos lugares mais isolados e distantes da sede do concelho, com maior percentagem de população idosa, onde o acesso aos serviços públicos é dificultado pelos vários factores, próprios das características de interior e ruralidade de Cabeceiras de Basto.
De salientar que no Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão são efectuados Cuidados de Saúde Primários (administração de injectáveis e tratamento de feridas) e rastreios vários, beneficiando ainda do serviço de Telemedicina, que prevê a realização de actos médicos à distância (Internet) através de equipamentos tecnológicos de última geração. No PMAC, os utentes podem também efectuar a marcação de consultas médicas.
Neste importante serviço criado pela Câmara Municipal, os munícipes podem igualmente proceder ao pagamento das facturas de electricidade, telefone e água, assim como efectuar requerimentos e reclamações diversas.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.