Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 17-10-2011

SECÇÃO: Opinião

Um poema a Cavez

Sempre elegante
E amável
Tem beleza
Inigualável
E meu berço
E meu ninho
E bela
Como a mais bela
Mesmo longe
Não a esqueço
Recordo
E agradeço
O tempo passa
Penso nela
Na mais linda
Aldeia do Minho

Veste como rainha
Amo-a
Porque é minha
Tem fama
Tem tradição
O tempo vai
E não vem
Passa
E não
Faz barulho
Tenho vaidade
E orgulho
És a minha
Terra Mãe
Guardo-te no coração

Deslumbrante
Encantadora
Humilde
Acolhedora
Esta terra
Que Deus fez
Meu cantinho
Tem charme
Tem poesia
Tem encanto
Tem magia
Recordo-te
Com carinho
Terra linda
De Cavez

Fernando Carvalho


© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.