Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-10-2011

SECÇÃO: Opinião

AO CIÚME

Amada Angélica Senhora minha!...
Que de possuir-te tenho em sonhos!...
Pesadelos trágicos mui medonhos!...
Que em antes de amar-te não tinha!...

Não creias amor que sofres sozinha!...
Quem ama semeia os mesmos escolhos.
Aos amantes deu Deus os mesmos olhos,
Mas o amor é cego, ninguém o adivinha!...

Quem ama vive em constante ciúme:
Reconhece que naquele perfume,
Há mistério, há verdade, há mentira!...

É uma dor sem doer, um mal-estar!...
É como fogo que queima sem queimar,
É uma sede, uma fome, que nos mirra!...

Jaime de Sousa e Silva

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.