Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-08-2011

SECÇÃO: Informação

Joaquim Barreto condecorado pelo RC 6 com insígnia dos Dragões do Entre-Douro-e-Minho

O Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, foi condecorado pelo RC6 (Regimento de Cavalaria N.º 6) com a insígnia dos Dragões do Entre-Douro-e-Minho - grau ouro.
A distinção foi atribuída, dia 28 de Julho, durante a entrega do Estandarte Nacional ao Grupo de Autometralhadoras da Brigada de Intervenção (GAM/BRIGINT/KFOR) do Exército Português, que parte para o Kosovo em missão de paz no próximo mês de Setembro.

RC6 distingue Joaquim Barreto
RC6 distingue Joaquim Barreto
Durante a cerimónia, que marcou o término do exercício final de aprontamento do GAM/BRIGINT/KFOR em Cabeceiras de Basto, foram ainda condecorados como Membros Honorários dos Dragões d’Entre-Douro-e-Minho - grau prata - o Vereador Francisco Pereira e a administradora da Emunibasto, Dra. Fátima Oliveira.
A condecoração, que “honra e orgulha” o Município, é para o presidente da Câmara “o reconhecimento das boas relações com o Exército Português” e o estreitar da “relação de cooperação” com as Forças Armadas.
A entrega do Estandarte Português ao comandante do GAM/BRIGINT/KFOR, Tenente-coronel Paulo Marques, cujo grupo de militares vai permanecer no Kosovo durante seis meses, decorreu no Parque do Mosteiro, sob o olhar atento de centenas de militares e população em geral.
No final, houve uma demonstração de meios e capacidades do Grupo de Autometralhadoras da Brigada de Intervenção, que simulou um Chek-point na fronteira e o controlo de uma revolta popular.
No final do Exercício ‘Pristina 112’, o Major-general José Carlos Calçada, Comandante da Brigada de Intervenção, saudou a população e o presidente da Câmara pelo apoio prestado na realização das várias actividades.
“Fomos extraordinariamente bem recebidos em Cabeceiras de Basto”, garantiu o Major-general, desejando que a força em aprontamento “consiga cumprir com sucesso a sua missão”.
Quanto ao Estandarte Nacional, que ficará à guarda dos militares do GAM/BRIGINT/KFOR, o Major-general Calçada destacou: “este é o Estandarte da Nação, que representa o presente e o passado”.
O autarca Joaquim Barreto afirmou ser “uma honra” ter o Exército em Cabeceiras de Basto, almejando que os militares “desempenhem uma missão eficaz e que corresponda às expectativas”.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.