Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-08-2011

SECÇÃO: Informação

Força militar prepara-se para o Kosovo em Cabeceiras de Basto
Entrega de Estandarte Nacional decorreu no Parque do Mosteiro

Momento da entrega do Estandarte Nacional
Momento da entrega do Estandarte Nacional
Cabeceiras de Basto acolheu de 21 de Julho a 28 de Julho, a realização do exercício final do aprontamento de militares do GAM/BRIGINT/KFOR, antes da sua partida para o Kosovo.
O Exercício ‘PRISTINA 112’, assim designado, compreendeu diversas acções no âmbito das operações de apoio à paz, nomeadamente controlo de tumultos, apoio à luta contra o crime organizado, operações de cerco e busca, vigilância, escolta e protecção. O exercício teve como objectivo desenvolver a capacidade de comando e controlo do batalhão, que, neste período, instalou o seu quartel no Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos e a partir do qual projectou várias actividades no território Cabeceirense.
Visita à exposição na Praça da República
Visita à exposição na Praça da República
No dia 28 de Julho, derradeiro dia desta estada no concelho, teve lugar a cerimónia militar de entrega do Estandarte Nacional, que ficará à guarda do GAM/BRIGINT/KFOR no Kosovo.
O programa começou com a recepção aos convidados e concentração no Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos, seguindo-se um briefing sobre o aprontamento da força e Exercício ‘Pristina 112’. Após a visita ao Posto de Comando, os convidados deslocaram-se para a Praça da República, onde teve lugar a formatura e cerimónia de entrega do Estandarte Nacional ao GAM/BRIGINT/KFOR, seguindo-se uma visita à exposição estática e a demonstração de capacidades no Parque do Mosteiro. A jornada termina com um almoço no Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos.
Almoço convívio no Centro Escolar
Almoço convívio no Centro Escolar
De referir que o Grupo de Autometralhadoras (GAM) e a Brigada de Intervenção (BRIGINT) do Exército Português que vão integrar a Força no Kosovo (KFOR) é constituido por um efectivo de 157 militares maioritariamente oriundos do Regimento de Cavalaria N.º6 de Braga, a que se associa também, o Regimento de Infantaria N.º 19 de Chaves, o Regimento de Infantaria N.º13 de Vila Real, o Regimento de Infantaria N.º14 de Viseu, o Regimento de Artilharia N.º5 de Gaia, o Regimento de Artilharia Antiaérea N.º1 de Queluz, o Regimento de Engenharia N.º3 de Espinho e a Escola Prática de Transmissões do Porto.
É de salientar ainda, a exposição de viaturas e material que esteve patente ao público em plena Praça da República.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.