Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 25-07-2011

SECÇÃO: Informação

Primeira-dama da Guiné-Bissau visitou Cabeceiras de Basto

A primeira-dama da Guiné-Bissau, Mariama Sanhá, visitou no dia 12 de Julho, o concelho Cabeceirense, onde teve oportunidade de conhecer os Paços do Concelho, o Centro de Educação Ambiental e o Centro Hípico de Cabeceiras de Basto.
A primeira-dama foi recebida no Salão Nobre, onde o presidente da Câmara, Eng.º Joaquim Barreto, deu as boas-vindas à comitiva guineense composta pelos assessores da Presidência da República, o chefe de gabinete da primeira-dama, membros do Governo da Guiné-Bissau e o cônsul honorário.

Comitiva guiniense foi recebida nos Paços do Concelho
Comitiva guiniense foi recebida nos Paços do Concelho
Depois de evidenciar as potencialidades do concelho, o autarca falou da aposta do Município na valorização do território e do património natural e edificado.
Por seu turno, a comitiva guineense, através do chefe de gabinete da primeira-dama, agradeceu a forma acolhedora como foi recebida em Cabeceiras de Basto, desejando que “este encontro seja o primeiro de muitos”. O mesmo apelou a uma maior cooperação com o povo da Guiné, estabelecendo parcerias para a melhoria da qualidade de vidas das populações, em especial das crianças guineenses.
Esta visita a Cabeceiras de Basto foi aproveitada pela primeira-dama, que preside também à Fundação Ninho da Criança, com sede em Bissau, para celebrar um protocolo de colaboração com a Associação de Desenvolvimento Rural - Mútua de Basto Norte, presidida por Joaquim Barreto.
De salientar que o protocolo para o desenvolvimento agrícola tem por objectivo a colaboração da Mútua de Basto na formação de agricultores, o apoio ao desenvolvimento da agricultura e pecuária da Guiné-Bissau, assim como a colocação de produtos locais das Terras de Basto na Guiné e da Guiné em Portugal.
Mútua de Basto assinou protocolo  com a Fundação Ninho da Criança
Mútua de Basto assinou protocolo com a Fundação Ninho da Criança
Para Joaquim Barreto, que se mostrou satisfeito com a visita de Mariama Sanhá, o estreitar dos laços com a Guiné-Bissau fomentará um maior intercâmbio entre os dois povos.
De acordo com o protocolo, “a Fundação Ninho da Criança manifesta o seu apreço e reconhecimento à Mútua de Basto”, afirmando o seu “interesse em aprofundar a colaboração em defesa dos que mais precisam”.
A visita a Portugal da comitiva guineense, que teve início ontem, fica marcada pela assinatura de diversos protocolos com várias entidades com o intuito de reforçar os laços de solidariedade entre dos dois países.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.