Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 25-07-2011

SECÇÃO: Recordar é viver

MENINOS E MENINAS DE CABECEIRAS DE BASTO

foto
A caminho da Colónia de Férias da Apúlia

Mais uma vez, a Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto, a ADIB, cumprindo os objectivos a que se propôs que, é trabalhar com as crianças e jovens e em especial com as mais carenciadas levou quarenta e três crianças à Colónia João Paulo II, na Apúlia, do concelho de Esposende, para usufruir de dez dias de praia, de diversão e de passeios à beira mar. Foi, aliás como sempre uma grande algazarra no dia da partida no Campo do Seco, junta às instalações da ADIB. A alegria e a ansiedade estava reflectida nos seus rostos enquanto que os seus pais ou encarregados de educação mostravam uma natural preocupação ao ver partir os seus filhotes ou educandos. Eu, a Gininha e o Manuel, que me acompanha sempre nesta viagem até à Apúlia, encaminhava-mos os meninos e meninas para os seus lugares na camioneta ao mesmo tempo que íamos escrevendo as recomendações dos educadores sobre juntar no mesmo quarto os primos ou primas, irmãos com irmãs, amigos junto uns dos outros, quem tomava remédios, quanto dinheirinho levavam para comprar um geladinho na praia, etc.
foto
Correu muito bem a viagem e, entreguei-os lá sãos e salvos. Espero que dêem valor a quem contribuiu para que eles pudessem usufruir de dez dias de uma estadia com boa alimentação, dormida, praia, piscina, grandes relvados para descansarem e brincarem com os grupos de outras instituições. Tenho a certeza que todos, ou a quase todos, seria impossível de outra forma, ter uma oportunidade como esta. Mesmo assim, devo dizer que alguns pais mesmo sem custos nenhuns não quiseram aproveitar esta chance que lhes foi oferecida.
foto
Quero aqui deixar os agradecimentos a todos os que contribuíram para que o sonho destas crianças se tornasse realidade ao comparticiparam nesta colónia de férias que vai certamente proporcionar aos participantes, momentos de grande felicidade. Então são as seguintes: Câmara Municipal de Cabeceiras; EMUNIBASTO, EEM, Instituto Português da Juventude de Braga; CPCJ, Serviços Municipais de Acção Social, Segurança Social de Cabeceiras de Basto e Basto Jovem.
foto
Um agradecimento também para as juntas de freguesias de Cabeceiras de Basto, que anualmente assumem um papel muito importante na concretização deste processo. São elas que suportam os encargos das comparticipações das inscrições das crianças. É um esforço financeiro muito grande, já que recebem poucas verbas do Estado. Mesmo assim, cada presidente da junta responsabiliza-se pelas crianças da sua freguesia que mostrem interesse em participar. Este ano as Juntas de Freguesias aderentes foram as seguintes: Refojos, Pedraça, Outeiro, Arco de Baúlhe, Abadim, Alvite, Basto (Santa Senhorinha) e Riodouro.
Um grande bem haja para todas estas entidades que deram o seu melhor, aliás como sempre, respondendo à chamada.

Por: Fernanda Carneiro

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.