Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 23-05-2011

SECÇÃO: Informação

Encontro de Leituras promove livros e letras, dança, música e teatro

foto
A palestra com a escritora Conceição Sousa marcou, no dia 2 de Maio, o arranque do ‘Encontro de Leituras I’ promovido pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Emunibasto, Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, Biblioteca Municipal Dr. António Teixeira de Carvalho e Externato de S. Miguel de Refojos.
Nesta sessão estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal, Eng.º Joaquim Barreto, o vereador da Cultura, Dr. Domingos Machado, a presidente da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas, Céu Caridade e ainda a escritora Conceição Sousa.
No decorrer da sessão, o presidente da Câmara, Eng.º Joaquim Barreto, valorizou a iniciativa concretizada através das parcerias que promovem a leitura e os hábitos de leitura.
A iniciativa pensada para todos os gostos é para o autarca “uma garantia de participação”.
O vereador da Cultura, Dr. Domingos Machado, enalteceu o Encontro de Leituras que pretende envolver, sobretudo, os jovens em iniciativas lúdico-pedagógicas que valorizam a leitura e a escrita.
A escritora vimaranense Conceição Sousa deu a conhecer, durante a palestra que decorreu na Casa da Cultura, a sua poesia e os motivos que a levam a escrever, como é o caso, dos afectos, do amor e da família.
Segundo a autora, a escrita dá-lhe “tranquilidade”, sendo ainda o “registo do seu estado de alma”.
A escritora que se identifica com Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner e Miguel Torga declamou alguns versos da sua poesia, a que se associaram alguns elementos da plateia.
Esta ‘palestra’ marcou o início de um programa que se prolongou até 7 de Maio, destacando-se ainda no dia 5 de Maio, a participação de dezenas de alunos do 1.º ciclo no espectáculo musical ‘A Fada Oriana’, uma iniciativa promovida pelo Clube de Teatro de RECONTOS no âmbito deste Encontro.
A animada encenação desenrolou-se em quatro actos, deixando como mensagem: “A leitura é a porta para a descoberta de novos conhecimentos”, por isso, “não se esqueçam de ler!”
Uma outra palestra sobre poesia esteve também em destaque no âmbito do I Encontro de Leituras de Cabeceiras de Basto. Proferida pelo professor Joaquim Jorge Carvalho, a palestra decorreu no Centro Escolar Dr. Padre Joaquim Santos, na presença de 90 alunos. “Que palavras usamos para dizer ISTO quando não há palavras?” foi o tema em análise durante a sessão, muito animada e participada pelos jovens estudantes.
Por sua vez, a Praça da República de Cabeceiras de Basto acolheu vários workshops de dança inseridos também no âmbito da programação do Encontro de Leituras de Cabeceiras de Basto. A iniciativa aberta a toda a comunidade escolar deu a conhecer os diferentes estilos de dança, desde o merengue ao kuduro, passando pelos estilos mais clássicos. O movimento associou-se assim, à semana dedicada à Leitura que terminou no dia 7 de Maio, com mais actividades, dedicadas à Natureza e Cultura no Centro de Educação Ambiental de Vinha de Mouros, à palestra sobre a narrativa levada a efeito pelo Prof. Joaquim Jorge Carvalho na Casa do Povo do Arco de Baúlhe e subordinada ao tema ‘Biografia de uma narrativa: Era uma vez uma ideia’, assim como, ‘Viagem Literária’ e o musical ‘À minha maneira’ que tiveram lugar na Casa do Povo do Arco de Baúlhe. Enquanto isso, mas no Auditório do Mercado Municipal, em Cabeceiras de Basto, decorreu o musical ‘A Fada Oriana’ e o concerto jovens cabeceirenses que se apresentaram em palco encerrando desta forma, um programa abrangente e diversificado que durante a semana colocou em destaque a poesia, os workshops, o teatro, os concursos, a música, o cinema, as exposições e a Feira do Livro, em diferentes ‘palcos’ do concelho e envolveu a população local.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.