Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 11-04-2011

SECÇÃO: Opinião

Boatos animam algumas tertúlias

Nos últimos dias têm-se multiplicado os boatos a propósito do Presidente da Câmara de Cabeceiras de Basto. Diz-se que animam tertúlias de alguns cidadãos que outra coisa não sabem fazer que inventar histórias do “arco-da-velha”.
Mas, enfim, ele há gostos para tudo!
Há dias, ao passar na esplanada, ouvi dizer que foi preso. Indaguei e confirmei que era mesmo um boato e que o Presidente da Câmara, Eng. Joaquim Barreto, ele mesmo, não foi preso, nem por um minuto que fosse, pois, ao que sei também, não haveria razão para tal. De resto todos os dias se pode ver pela Câmara Municipal. Logo só poderia ser boato.
Num outro dia, numa das lojas de uma das nossas vilas, alguém dizia que o Presidente da Câmara andava com uma pulseira electrónica. Pois bem, intrigado, não perdi tempo e fui de novo indagar. Encontrei o alvo desta “boataria” e fui directo ao assunto: «Então, presidente, diz-se por aí que anda de pulseira electrónica?». Estupefacto, com certeza, fez questão de me mostrar de imediato que não havia qualquer pulseira. Por outro lado, tanto quanto sei, a pulseira limita movimentos e o que se vê é que o Presidente vai a todas e a todos os lados. Portanto, só podia mesmo ser boato.
Mais recentemente, um grupo de polidores de esquina congeminava, numa destas manhãs soalheiras, à porta de um café, enquanto fumavam uns cigarritos, que o carro do presidente se encontrava penhorado. Pois bem, mais uma vez fui saber por que é que o carro da presidência não se encontra tantas vezes estacionado em frente à Câmara Municipal. E foi-me transmitido que o mesmo está estacionado na garagem, sendo utilizado, quase só, em viagens mais longas. Disseram-me que a opção do Presidente por um carro de menor cilindrada e consumo muito mais baixo se fica a dever à política de contenção de despesas que a Câmara Municipal implementou a partir da aprovação do orçamento para o corrente ano. Li, em algum lugar, que a autarquia espera reduzir as despesas correntes, ao longo do ano 2011, num valor superior a meio milhão de euros. Mais uma vez era afinal boato.
Ontem mesmo, recebi um telefonema de um amigo dando-me conta que o Eng. Joaquim Barreto se preparava para renunciar ao mandato. Também não perdi tempo e procurei saber que fundamento tinha essa notícia. Não demorou muitas horas a confirmar, junto de fonte segura, que essa não é uma intenção do Presidente. Com efeito, Joaquim Barreto afirmou e afirma que até 2013 Cabeceiras de Basto pode contar com ele à frente da Câmara Municipal. Mais um boato.
Bem, pelo andar da carruagem, bem poderemos esperar outros boatos nos próximos dias.
Pela minha parte e conhecendo o Presidente, Eng. Joaquim Barreto, como conheço, resta-me desejar-lhe as melhoras da senhora sua mãe e fazer votos para que a D. Candidinha possa restabelecer-se rapidamente da doença que a tem obrigado a prolongado internamento hospitalar.
Quantos aos boatos convém que todos estejamos preparados para lhe dar o destino devido, ou seja, mandá-los pelo cano abaixo.
Ele há cada um!!!

A. C.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.