Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 28-02-2011

SECÇÃO: Informação

Executivo compra terrenos

Sob a presidência do Engº Joaquim Barreto, reuniu no dia 24 de Fevereiro, no edifícios dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Dos assuntos tratados, o destaque vai para a decisão do executivo municipal em adquirir duas parcelas de terreno localizadas no lugar da Cachada, na freguesia de Refojos de Basto, destinadas à execução da Estrada de ligação da EN205 a Vinha de Mouros. Trata-se de um importante projecto, cujos terrenos vêm sendo negociados nos últimos meses e visam a execução de uma via que garantirá um melhor acesso não só a alguns aglomerados da freguesia de Refojos, como também a vários equipamentos municipais que registam grande afluência de visitantes, como são o Centro Hípico e o Centro de Educação Ambiental de Vinha de Mouros, permitindo assim, com a sua execução, uma maior fluidez de trânsito e mobilidade de pessoas e veículos.
As duas parcelas de terreno agora adquiridas com uma área total de 176m2, representam mais um investimento, desta feita de 3.854,77 euros, que o executivo faz tendo em vista melhorar as acessibilidades nesta que é a freguesia sede da vila de Cabeceiras de Basto.

Regulamento do XI Encontro de Cantigas da Liberdade aprovado

O executivo decidiu também aprovar o Regulamento referente ao XI Encontro de Cantigas da Liberdade, iniciativa agendada para o dia 17 de Abril, em Cavez, no âmbito das comemorações anuais do 25 de Abril.
Segundo o documento aprovado, as inscrições no encontro são gratuitas podendo participar grupos de cantadores em representação de diferentes instituições, associações e colectividades do concelho. Cada grupo participante, que interpretará uma canção alusiva à Revolução de Abril, receberá um prémio de presença no valor de 125,00 euros.
Cantar Abril é por isso, uma das acções que o Município Cabeceirense promove no âmbito das comemorações do Dia 25 de Abril, que este ano terão lugar de 17 a 25. Comemorações estas, que anualmente mobilizam centenas de pessoas de diferentes faixas etárias da população, em actividades culturais, recreativas, institucionais e desportivas em vários locais do concelho.

Aproveitamento Hidroeléctrico de Fridão

O executivo municipal ratificou ainda, o Parecer desfavorável da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto relativamente à proposta de suspensão do Plano Director Municipal e de Estabelecimento de Medidas Preventivas para a Área afecta ao Aproveitamento Hidroeléctrico do Fridão.
De referir a este propósito, que a Câmara Municipal tem manifestado a sua concordância com a construção do Aproveitamento Hidroeléctrico de Fridão, localizado no Rio Tâmega, por considerar tratar-se de um projecto de interesse nacional. Depois do empreendimento ter sido concessionado, tem havido diversos contactos tendo em vista obter um acordo entre as partes para a concretização de medidas compensatórias que minimizem os impactos que este Aproveitamento Hidroeléctrico trará aos territórios e às populações, designadamente do Município de Cabeceiras de Basto. Como este processo ainda não está concluído, o município decidiu não tomar qualquer posição que favoreça o avanço do mesmo, sem que o acordo final esteja fixado e definitivo, motivo pela qual emitiu o Parecer desfavorável.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.