Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 28-02-2011

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
Câmara de Cabeceiras de Basto investe na construção de vias

Sob a presidência do Engº Joaquim Barreto, reuniu no dia 10 de Fevereiro, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Dos assuntos tratados, destaca-se a decisão do executivo municipal em avançar com a construção de novas vias, consideradas de grande importância para o desenvolvimento do concelho, seja ao nível da melhoria das acessibilidades de ligação à autoestrada A7/IC5 ou a ligação entre os centros urbanos das vilas do Arco de Baúlhe e de Cabeceiras de Basto, seja ao nível da criação de novos corredores de circulação capazes de potenciar a mobilidade no concelho, nomeadamente na vila sede do município, com o objectivo de melhorar a ligação e circulação entre os vários lugares e desta forma, permitir o desvio de um importante fluxo de trânsito do seu centro.
Assim sendo, a Câmara autorizou a expropriação de uma parcela de terreno com área de 7.926,00m2 destinada à construção da Variante à EN 205 entre Lameiros e a sede do concelho. Construção esta, cujo Concurso Público para a realização da 1ª fase da empreitada foi igualmente submetido, nesta reunião, a uma alteração ao programa de procedimento.
Ainda no que se prende com a execução desta via, o executivo municipal autorizou a aquisição de uma parcela de terreno no lugar de Calvelos da freguesia de Refojos, com área de 2.507,00 m2, pelo montante de 45.126,00euros.
Trata-se por isso, de um investimento que a autarquia efectua com o objectivo de melhorar as acessibilidades ao concelho e entre os principais núcleos urbanos, em cujo perímetro se encontram também localizados vários parques empresariais geradores de grande tráfego de viaturas e de pessoas.

Estrada Cachada - Vinha de Mouros

No que se prende com a execução da ‘estrada de ligação da Cachada (EN 205) a Vinha de Mouros’, via cuja construção além de criar novas bolsas de expansão urbana, permitirá também o acesso a diversos equipamentos e serviços municipais, o executivo decidiu proceder à expropriação de uma parcela de terreno de 825,00m2 no lugar da Cachada. Uma decisão que representa um importante passo para a concretização desta nova artéria que uma vez construída melhorará a mobilidade de pessoas e veículos.

Variante Sul

No que às vias diz respeito, o executivo autorizou ainda a celebração de um contrato de cedência de uma parcela de terreno com área de 12,00m2, no lugar do Pinheiro, para a construção da ‘Variante Sul’ que fará a ligação entre o Barbeito e a Avenida Capitães de Abril.
Três vias, que representam um importante investimento nas acessibilidades e consequentemente na melhoria da circulação de pessoas de diferentes lugares e freguesias e no bem estar de visitantes e municípes.

Grande Remoderlação do Centro Escolar de Refojos II

O executivo municipal decidiu igualmente ratificar a alteração ao programa de procedimento referente ao Concurso Público para a Empreitada de ‘Grande Remodelação do Centro Escolar de Refojos II’, em Refojos de Basto.
Uma obra, cuja execução representa um investimento na ordem dos 149.639,36 euros e que permitirá reformar a antiga escola do primeiro ciclo da sede da vila cabeceirense, agora devoluta e desadaptada às novas exigências educativas e transformá-la num novo Centro Escolar localizado na vila de Cabeceiras de Basto.

Ecopista foi adjudicada

O executivo autorizou ainda a adjudicação da empreitada de execução da Ecopista da Linha do Tâmega, no troço do Concelho de Cabeceiras de Basto.
Um investimento de 100.399,90 euros, resultante de um protocolo estabelecido com a REFER em 2007 e cujo projecto prevê a reconversão da antiga linha do comboio do Vale do Tâmega em Ecopista, permitindo a sua utilização para percursos pedestres, de bicicleta ou qualquer outra não motorizada.
Uma vez construida esta Ecopista permitirá à população residente e aos visitantes, um contacto mais próximo com o património natural, nomeadamente, as paisagens verdejantes, as aldeias e o rio Tâmega, assim como, com o património arquitectónico e histórico.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.