Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 17-01-2011

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
Câmara Municipal investe na execução de redes de drenagem e tratamento de águas residuais

A abertura de quatro concursos públicos, representando um investimento global de 1.096.588,79 Euros, contribuirá a curto prazo, para a melhoria das infra-estruturas de saneamento no concelho de Cabeceiras de Basto. Uma vez executadas, as redes de drenagem e tratamento das águas residuais, darão um forte contributo para a qualificação ambiental, dando respostas à população e consequentemete proporcionando mais qualidade de vida e bem-estar às pessoas.
Sob a presidência do Engº Joaquim Barreto reuniu no dia 13 de Janeiro de 2011, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto. Dos assuntos tratados o destaque foi para a decisão do executivo municipal em autorizar a abertura de vários concursos públicos destinados à execução quer de elevatórias, quer de redes de drenagem e tratamento de águas residuais, a levar a cabo nas freguesias do Arco de Baúlhe, Refojos de Basto e Vila Nune.
Neste âmbito, a Câmara Municipal decidiu autorizar a abertura do concurso para a empreitada de execução dos ‘Sistemas Elevatórios da Vila do Arco de Baúlhe’, obra que representa um investimento de 173.858,55€ e que prevê a construção de três estações elevatórias, assim como a execução das respectivas condutas para a substituição de quatro fossas sépticas.
Segundo informação divulgada, o executivo decidiu igualmente proceder à abertura do concurso público para a empreitada de execução da ‘Extensão da Rede de Drenagem de Águas Residuais na freguesia de Refojos de Basto (EN 311)’. Uma empreitada quantificada em 214.240,34€, cuja natureza dos trabalhos incidirá na construção da rede de saneamento ao longo da EN 311, entre os lugares do Pinheiro e Água Redonda. Ainda na freguesia de Refojos de Basto, mais precisamente no lugar do Outeirinho, será executada a rede de saneamento entre os lugares de Sta Comba, Soalheira e Outeirinho com colocação de uma ETAR no lugar do Outeirinho. Trata-se de uma empreitada avaliada em 365.263,59€, que a Câmara Municipal anuiu.
O executivo decidiu igualmente autorizar a abertura do concurso público para a empreitada de execução da ‘Rede de Drenagem e Tratamento de Águas Residuais na freguesia de Vila Nune’. A construção da rede de sanemento e a colocação de ETAR em Vale Mosteiras, constituem a natureza dos trabalhos a realizar quantificados em 343.226,31€.
Com a abertura dos concursos públicos mencionados, que representam um investimento global de 1.096.588,79 Euros, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto lança assim, um conjunto de obras, cuja execução contribuirá não só para melhorar as infra-estuturas de saneamento no concelho, mas também para aumentar a qualificação ambiental, dando respostas à população e consequentemente proporcio-nando mais qualidade de vida e bem-estar às pessoas.

Município aceita proposta da Associação Bandeira Azul da Europa

Ainda no que à qualidade de vida diz respeito, a Câmara Municipal decidiu aceitar a proposta de parceria a estabelecer com a ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa. Trata-se de um projecto de continuidade, que vem sendo desenvolvido pelo Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto e que se reveste de grande importância em termos pedagógicos na defesa do ambiente. À semelhança dos anos anteriores, a Câmara Municipal decidiu apoiar esta iniciativa e a consequente realização de acções capazes de sensibilizar crianças e jovens em particular e a população em geral para a necessidade cada vez mais premete de preservar e defender o meio-ambiente.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.