Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 06-12-2010

SECÇÃO: Última Página

No dia 18 de Dezembro
Igreja do Mosteiro S. Miguel de Refojos acolhe Concerto de Natal

A Igreja do Mosteiro de São Miguel de Refojos, em Cabeceiras de Basto acolhe no póximo dia 18 de Dezembro, o Concerto de Natal.
Trata-se de um recital de órgão que será apresentado aos Cabeceirenses pelo organista Tadeu Filipe, que se faz acompanhar pelo Coro Cappella Douro Ensemble Vocal.
A iniciativa está agendada para as 21h30m, momento a partir do qual serão interpretados temas de diversos compositores entre os quais do Cabeceirense Joaquim dos Santos, como ‘Hoje sobre nós resplandece uma luz’ e ‘Preludio, Ricercare e Corale’. António Correa Braga (Séc. XVII) -Batalha do 6º tom; António Ferreira dos Santos (1936) - Levantai vossas cabeças; Fernando Lapa (1950) - Nasceu-vos hoje um salvador; Pablo Bruna (1611 - 1679) - Tiento de falsas de 2º tono; John Stanley (1713 - 1786) -Voluntary in G (op. 7 nº 9); Felix Maximo Lopez (1742 - 1821) - Verso de 2º tono; Manuel Faria (1916 - 1983) - Cantem, cantem os anjos; Manuel Borda (1914 - 1992) - Natal, Natal; José de Larrañaga (1728 - 1806) - Sonata de 5º tono; D. Pedro de Cristo (c. 1545 - 1618) - Regina Coeli, serão outros dos compositores interpretados neste concerto de Natal.

Tadeu Filipe prepara tese sobre compositor Pe. Joaquim dos Santos

De referir que o organista Tadeu Filipe se encontra a frequentar o Mestrado em Órgão Performance na Universidade de Aveiro, onde prepara a sua tese sobre a música para órgão do compositor cabeceirense Padre Dr. Joaquim dos Santos.
Sobre o organista podemos ainda adiantar que é natural da cidade de S. Paulo (Brasil) onde iniciou os seus estudos musicais na Academia de Música Óscar da Silva em Matosinhos.
Frequentou na Escola Diocesana de Ministérios Litúrgicos do Porto a classe de órgão da Prof. Rosa Amorim e a Licenciatura em Ensino de Música da Universidade de Aveiro (área específica Órgão) onde estudou com o Prof. Domingos Peixoto.
No ano de 1995 iniciou o Curso Nacional de Música Sacra realizado no Santuário de Fátima, onde estudou com o Prof. Franz Stoiber (Escola Superior de Música Sacra de Regensburg – Alemanha). Em 1997 foi finalista no Concurso de Órgão realizado na Catedral de Leiria.
Por diversas vezes teve a oportunidade de frequentar cursos internacionais de órgão. Paralelamente ao estudo de órgão frequentou o Curso de Direcção Polifónica na LVIII e LXIX Semana de Estudos Gregorianos com o Prof. Paulo Brandão. Tem-se apresentado regularmente em vários pontos do país integrado nas actividades do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, nos Concertos Quaresmais organizados pela Plurifonia 2001, no Festival de Órgão 2002 e 2004 em Mafra, VIII Festival Internacional de Música de Mafra, no Ciclo de Concertos “Jovens Organistas em Aveiro”, nas Jornadas Europeias da Cultura e Património, Ecos de Órgão 2010 (Sé Nova de Coimbra), bem como no estrangeiro. Ao serviço da liturgia, foi organista titular do órgão histórico e responsável da música sacra da Igreja Paroquial de Matosinhos (1993-2006), do Ciclo de Música Antiga para Órgão realizado naquele templo (1998-2005).
Em 2003 assume o trabalho de coordenação da música litúrgica em diversas paróquias da Diocese de Vila Real e Bragança – Miranda.
Lecciona actualmente no Conservatório Regional de Música de Vila Real e no Seminário do Bom Pastor (Porto).
Sobre o Coro

Dirigido pelo organista Tadeu Filipe o Cappella Douro – Ensemble Vocal foi fundado em 24 de Outubro de 2006. É constituído por doze elementos e tem como objectivo a interpretação de repertório de música coral polifónica, com especial incidência na música litúrgica portuguesa. Teve a sua primeira apresentação pública na Igreja Paroquial de Sabrosa, no dia 31 de Março de 2007. Desde então, tem-se apresentado com regularidade na região norte, em especial, na região duriense.
O seu repertório inclui obras do período da Renascença até aos nossos dias onde se destacam os compositores de referência da música litúrgica portuguesa da 2ª metade do Séc. XX: Manuel Faria, Joaquim dos Santos; António Ferreira dos Santos; Fernando Lapa; António Cartageno; Miguel Carneiro, Fernandes da Silva.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.