Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-11-2010

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
Executivo Municipal apoia Bombeiros Voluntários Cabeceirenses

Sob a presidência do Engº Joaquim Barreto, reuniu no dia 28 de Outubro, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Dos assuntos tratados, o destaque foi para a decisão do executivo municipal em apoiar financeiramente a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses, com a atribuição de um apoio quantificado em 25.000 euros, destinado a ajudar a suportar os encargos tidos com as obras de requalificação e ampliação do ‘novo’ Quartel.
Uma obra na qual a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses concentrou esforços, ao longo de 2009 e 2010, tendo em vista a beneficiação e adaptação do edifício do Quartel dos Bombeiros que tem mais de 20 anos de idade. Este equipamento estava extremamente necessitado de uma remodelação e adaptação à situação actual da corporação, que se apresenta com mais recursos humanos, mais viaturas, mais tarefas e mais responsabildades, e consequentemente maior necessidade de adequação à realidade dos dias de hoje.
Recorde-se que já em Abril de 2010, o executivo municipal havia atribuido um apoio pecuniário no valor de 30.000 euros, por se tratar de uma instituição que presta serviços de relevante importância para a comunidade do concelho nas áreas da protecção civil e defesa de pessoas e bens, bem como, de socorro e transporte de sinistrados e doentes, estando desta forma a contribuir para ajudar a fazer face às expensas avultadas que esta Associação assumiu com a realização da obra.

Modificação orçamental

Nesta reunião, o executivo ratificou a terceira modificação orçamental, no âmbito da qual foram feitos alguns reajustamentos em função da execução do Plano de Actividades Municipal.

Câmara vende lotes

O executivo decidiu também, aprovar a adjudicação definitiva do lote 31 no loteamento das Cerdeirinhas, em Refojos de Basto, assim como, dos lotes 1 a 7 na Zona industrial de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau).
Uma medida que contribui não só para a fixação de pessoas, mas também para a atracção de investimentos conducentes ao desenvolvimento do concelho.

Câmara compra imóvel à Segurança Social

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto autorizou nesta reunião, a aquisição do imóvel da antiga Casa do Povo e ATL, localizado na Rua João Paulo II, onde actualmente estão a funcionar os Serviços de Acção Social, desta Autarquia. Um edifício até agora pertença do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, entidade com quem a Câmara Municipal em tempos estabeleceu um protocolo de colaboração no âmbito do qual foram disponibilizadas as instalações.
A compra deste imóvel por parte do executivo municipal cabeceirense representou um investimento de 139.000,00 euros. Investimento este, que não só aumenta o património municipal, como resolve definitivamente uma situação temporária e permite, à semelhança do que vem sendo feito com outros edifícios públicos, a sua beneficiação e ‘devolução’ à população através da disponibilização de serviços, neste caso concreto referentes à acção social.
De referir ainda que estas instalações albergam os Serviços de Acção Social, a CPCJ e a Cooperativa Basto Solidário.

Autarquia compra terrenos para passagem de Variante à EN 205

O executivo municipal decidiu aprovar a minuta de quatro contratos de cedência de outras tantas parcelas de terreno, destinadas à execução da Variante à EN 205 entre Lameiros e a sede deste concelho.
Trata-se de um investimento de 75.994,00 euros que o executivo Cabeceirense autorizou, garantindo desta forma condições para a construção desta importante e estruturante via.
Ao adquirir estas quatro parcelas de terreno, que representam uma área total de 20.415m2, a Câmara Municipal está a criar condições para prosseguir com a realização de mais uma obra de grande importância no que ao sector das acessibilidades diz respeito, já que a sua execução permite não só aumentar a mobilidade, aproximar as pessoas e criar novas bolsas de desenvolvimento.
Ao que apuramos, a Câmara Municipal encontra-se ainda a negociar a compra de várias parcelas de terrenos necessárias à passagem deste importante troço viário, cuja construção vai contribuir para melhorar as acessibilidades à sede do concelho.
De referir que o executivo municipal tem vindo ao longo dos anos, a pugnar não só pela melhoria dos acessos ao concelho de Cabeceiras de Basto, como também pela construção, alargamento e beneficiação de estradas e caminhos que encurtam distâncias entre lugares e freguesias, melhoram os acessos e consequentemente criam bem-estar para as pessoas que aqui vivem e que aqui se deslocam.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.