Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 04-10-2010

SECÇÃO: Informação

Festas do Concelho
Majestosa Procissão em Honra de S. Miguel atraiu milhares de visitantes a Cabeceiras de Basto

Os bombos chamaram as pessoas para a feira
Os bombos chamaram as pessoas para a feira
As Festas do Concelho, que decorreram nesta vila Cabeceirense, de 20 a 30 de Setembro, registaram no dia 29 e dia do Município, o seu ponto alto com a passagem da majestosa Procissão em honra do Padroeiro S. Miguel de Refojos. Uma verdadeira enchente de pessoas perfilaram-se ao longo das ruas para assistir a este importante cortejo religioso, que é uma referência nas terras de Basto e no Norte do País.
A jornada começou cedo com arruadas de bombos a percorrer os principais locais desta vila, convidando, como é tradição os romeiros para a festa. Entretanto, na Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, celebrava-se a Missa Solene em Honra do Padroeiro, presidida pelo Bispo D. Manuel Linda, que atraiu àquele templo centenas de fiéis, que puderam também ouvir tocar o órgão de tubos, datado de 1770, recentemente recuperado e cujo toque foi devolvido à população pondo termo a mais de oito décadas de silêncio.
As bandas apresentaram-se na Praça da República
As bandas apresentaram-se na Praça da República
O programa festivo prosseguiu à tarde com a entrada das Bandas de Música de Cabeceiras de Basto e das Caldas as Taipas, que desta forma se apresentaram aos autarcas, entre os quais uma delegação provinda de Cabo Verde, mais precisamente do Município da Boa Vista, liderada pelo seu presidente Dr. José Pinto de Almeida, bem como ao numeroso público presente na Praça da República. Enquanto isso, centenas de pessoas esperavam junto o Posto de Turismo Municipal o resultado do Sorteio de S. Miguel, importante fonte de receita destas festividades, cujo primeiro prémio foi um automóvel. A entrada da Fanfarra dos Bombeiros Cabeceirenses na Praça assinalou o início da Procissão que integrou uma vintena de andores e dezenas de figurantes. Na procissão além dos Presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, respectivamente Engº Joaquim Barreto e Dr. Serafim China Pereira, dos vereadores, do Presidente da Junta de Freguesia de Refojos, dos responsáveis pela Comissão de Festas, esteve também presente o Presidente do Município de Neuville-Sûr-Saône, de França, Jean-Claude Ollivier, terra com a qual Cabeceiras de Basto se encontra geminada há mais de uma década.
Tradicionais chegas de bois atraíram milhares de pessoas
Tradicionais chegas de bois atraíram milhares de pessoas
A jornada continuou pela noite dentro com o tradicional concerto das Bandas Filarmónias que, ao despique, interpretam diversos temas, clássicos e populares, bem do agrado das gentes destas terras.
Por sua vez, a XXXIV Exposição/Feira de Actividades Económicas de Basto, que decorreu de 24 a 29 de Setembro encerrou ao público, registando a adesão de milhares de visitantes. Um certame de referência que agregou mais de uma centena de expositores do concelho, mas também de outros pontos do país, que dinamizaram um importante palco de “negócios” em diferentes ramos.
As afamadas festas/feira de S. Miguel de Refojos encerraram no dia 30 de Setembro, vulgarmente designado por «dia das trocas» com a realização de uma gincana de jumentos que percorreu as ruas da vila, encerrando desta forma as festividades em honra do arcanjo S. Miguel.
Majestosa procissão em honra de S. Miguel
Majestosa procissão em honra de S. Miguel

Programa festivo aliou tradição e modernidade

As Festas de S. Miguel decorreram com um programa onde tradição e modernidade confluiram. A Agro-Basto que decorreu de 24 a 29 de Setembro apresentou também ao público um programa de animação sócio-cultural diversificado que animou o recinto.
As corridas de cavalos muito apreciadas
As corridas de cavalos muito apreciadas
Enquanto isso, decorreram em simultâneo outras actividades em toda a vila Cabeceirense. Destacaram-se o passeio equestre, um encontro de Bombos e Gigantones, dança, espectáculos músicais, entre os quais um com a presença do Herman José e a sua banda. O tradicional e afamado Baile de Outono, nos Claustros do Mosteiro de S. Miguel de Refojos, a noite de estrelas, o cortejo etnográfico que percorreu as principais ruas, mostrando as potencialidades das freguesias e as suas especificidades, as arruadas de bombos pela vila, a feira de gado bovino e o concurso pecuário, as tradicionais chegas de bois, as rusgas das concertinas, o espectáculo de variedades com a artistas «Rebeca», o fogo de artifício, entre outros, fizeram igualmente parte de programa festivo que registou grande adesão popular e muita animação durante os dez dias de Feira que é também a Festa de S. Miguel.

Milhares ouviram Herman José
Milhares ouviram Herman José

A garraiada, um espectáculo sempre animado
A garraiada, um espectáculo sempre animado











© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.