Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 13-09-2010

SECÇÃO: Educação

Externato S. Miguel de Refojos festeja Dia do Diploma

À semelhança dos anos anteriores, o Externato S. Miguel de Refojos, assinalou no dia 8 de Setembro, o Dia do Diploma.

Paulo Medeiros recebeu prémio de Mérito do Ministério da Educação
Paulo Medeiros recebeu prémio de Mérito do Ministério da Educação
Uma jornada que contou com a presença de várias entidades locais e regionais, alunos, professores e comunidade educativa que ali se deslocaram para assistir à cerimónia, que embora singela, marca o terminus de uma etapa na vida dos oitenta alunos que concluiram o 12º ano de escolaridade.
De referir que esta foi uma iniciativa lançada pelo Ministério da Educação em 2008 e à qual o Externato S. Miguel de Refojos se associou desde então, através da organização de uma cerimónia anual de entrega dos diplomas aos alunos que no ano lectivo anterior, terminam com êxito o ensino secundário.

Uma forma de valorizar o trabalho dos estudantes e o sucesso escolar alcançado, atribuindo-lhes um diploma. Nesta cerimónia foram ainda entregues diplomas a 4 alunos da Escola que frequentaram o Curso Profissional de Turismo.
O hino do Colégio foi apresentado aos convidados
O hino do Colégio foi apresentado aos convidados
Foi igualmente entregue o prémio de mérito ao aluno Paulo Duarte Araújo Leite Medeiros, de Refojos, que concluiu o 12º ano de escolaridade com a média de 19,8. Um prémio do Ministério da Educação, entregue pelo seu representante nesta cerimónia, Dr. Domingos Machado.
Na oportunidade e após uma breve saudação por parte do Director do Externato S. Miguel de Refojos, Monsenhor José Augusto Ribeiro, o Presidente da edilidade Cabeceirense, Engº Joaquim Barreto, felicitou os alunos que concluiram o 12º ano, a quem deixou votos de êxito seja para os que vão continuar a estudar ingressando no ensino superior, seja para aqueles que a partir de agora procuram a inserção no mundo do trabalho. Lembrou ainda que a sociedade em que vivemos é cada vez mais competitiva. Como tal, é necessário aproveitar as oportunidades e aconselhou a terem sempre uma atitude pró-conhecimento, ou seja, estar aberto ao saber e às diversas formas de aprendizagem, procurando uma contínua formação ao longo da vida.
Por outro lado, o investimento que estes alunos fizeram nos últimos 12 anos, não só intelectual como financeiro, representou esforço e determinação pessoais e muitas vezes, familiares. Por esse motivo, deve ser valorizado e incentivado, pois desta forma estamos a contribuir para uma sociedade cada vez mais qualificada e competitiva, certamente com reflexos positivos na vida de cada um.
Terminou dizendo que para o Município de Cabeceiras de Basto, é uma honra constatar que anualmente são muitos os jovens estudantes que entram nas faculdades, seja públicas, seja privadas, em diveros cursos, sendo alguns de acesso nem sempre fácil, como é o caso de medicina. Reiterou os votos de felicidade aos alunos e encarregados de educação e para os professores deixou uma palavra de alento no sentido de continuar a trabalhar, ajudando a formar os homens e as mulheres de amanhã e assim, a construir um futuro mais promissor.
No decurso da cerimónia foi ainda cantado o hino do Colégio, terminando a jornada com um convívio aberto a todos os participantes.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.