Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 13-09-2010

SECÇÃO: Informação

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE CABECEIRAS DE BASTO
ENCONTRO DE VOLUNTÁRIOS E ENTIDADES PROMOTORAS E NOVAS ADESÕES

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, enquanto Entidade Enquadradora do Banco Local de Voluntariado de Cabeceiras de Basto promoveu, no passado dia 9 de Setembro, um encontro de Voluntários e Entidades Promotoras de Voluntariado que decorreu no Auditório do Centro Hípico, seguindo-se um lanche convívio no Parque de Merendas do mesmo local.
O Encontro teve início com uma reunião, tendo no seu primeiro ponto sido abordado pela Coordenadora, Dra. Rosa Miranda, o facto do Conselho da União Europeia ter instituído o Ano 2011 como o Ano Europeu da Actividades de Voluntariado. Para a concretização do Ano Europeu do Voluntariado – 2011, o nosso País, enquanto Estado membro, designou o Conselho Nacional de Promoção Para o Voluntariado (CNPV) com o objectivo de preparar a participação nacional e assegurar a ligação às Entidades envolvidas em actividades de voluntariado. Foi realçado o facto da criação do Banco Local de Cabeceiras de Basto estar assente num protocolo estabelecido entre o Município de Cabeceiras de Basto e o Conselho Nacional de Promoção para o Voluntariado.

Drª Rosa Miranda, coordenadora do BLV assinando o contrato de adesão
Drª Rosa Miranda, coordenadora do BLV assinando o contrato de adesão
Estiveram presente mais de trinta Voluntários e Entidades Promotoras (Entidades e Instituições que integram Pessoas Voluntárias no desenvolvimento dos seus Projectos).
Esta reunião serviu ainda para a celebração dos contratos de adesão de treze novos voluntários. Os Voluntários agora integrados vão desenvolver trabalho em projectos de combate à solidão, apoio à infância, apoio social, bem como no apoio a diversos projectos de animação, cultura e lazer.
Nesta cerimónia foram também renovados os contratos de adesão de vinte voluntários que ao longo do último ano desenvolveram programas de voluntariado em diversas instituições do concelho. A Coordenadora do Banco Local, Dra. Rosa Miranda, também ela, uma voluntária, fez um balanço muito positivo do último ano de actividade do Banco. Ouviram-se depois diversos testemunhos, alguns deles emocionados, dos elementos que hoje renovaram os seus contratos e que na circunstância assumiram como é gratificante praticar o voluntariado, porque quando se dá também se recebe, afirmaram.
Na oportunidade, o Presidente da Câmara agradeceu a atitude destes voluntários, referindo que todos e cada um de nós têm sempre algo que podem dar à sociedade, prestando apoio aos outros, praticando o voluntariado. Disse que a avaliação que faz do nosso concelho é muito positiva, mas é muito mais ainda porque há aqui, neste processo de desenvolvimento, muito trabalho voluntário e que este tem a ver com a nossa própria matriz. Com efeito, deu como exemplo o trabalho de outros tempos na terra quando os vizinhos se ajudavam uns aos outros nas lavouras. «E estes valores têm que se preservar e valorizar», disse. Referiu sentir-se emocionado com alguns testemunhos. Por último, desafiou os presentes a pensar já na próxima campanha de Natal colocando à disposição do Banco Local os meios que forem necessários para esse trabalho, uma vez que esta é uma aposta do Município.
«Com esta atitude de voluntariado ajudamos a construir uma sociedade mais justa, mais solidária, mais acolhedora», concluiu.
De referir que estão inscritos no Banco Local do Voluntariado de Cabeceiras de Basto, 110 voluntários, estando 70 elementos afectos a projectos específicos desenvolvidos por diversas entidades promotoras e 41 disponíveis para as acções pontuais para as quais o BLV tenha necessidade de afectar em função dos pedidos das entidades.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.