Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-05-2010

SECÇÃO: Última Página

Dia Internacional dos Museus

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto assinalou no dia 18 de Maio, o Dia Internacional dos Museus. Uma iniciativa que contou com a realização de várias acções que decorreram no Museu Terras de Basto, localizado em Arco de Baúlhe, deste concelho.
O programa festivo propriamente integrou várias visitas guiadas ao Museu, que possuí três espaços expositivos, nomeadamente, «Vamos à aldeia» onde está presente uma mostra alusiva às «Profissões de antigamente - uma viagem pela memória do trabalho em Cabeceiras de Basto»; «Vamos andar de comboio», um espaço onde se encontram as carruagens de passageiros, uma locomotiva centenária e uma automotora, bem como o espaço «Viajar, Viajar», que apresenta duas carruagens históricas outrora utilizadas pelo Rei D. Carlos e por D. Amélia.
O programa prosseguiu à noite com a apresentação do filme «Uma noite no Museu II», a partir das 21h30m. Uma comédia com Ben Stiller, cuja história se desenvolve no espaço cénico de um museu. O espaço «Vamos à aldeia» foi por isso transformado em sala de cinema, proporcionando desta forma, aos visitantes um produto cultural diferente.
De referir ainda, que todos os que ali se deslocaram entre os quais o presidente da edilidade cabeceirense, Engº Joaquim Barreto, o vereador da cultura Dr. Domingo Machado, demais autarcas e público presente, foram acarinhados com uma lembrança doce que o Museu preparou para ofertar e desta forma assinalar a jornada.

Museu Terras de Basto, parceiro pedagógico

Recorde-se que ao longo da sua existência, o Museu Terras de Basto, tem vindo a dinamizar diversas acções com o intuito de sensibilizar a população em geral, mas sobretudo as crianças e jovens para a importância do museu como parceiro pedagógico. Saudar a criatividade é assim, aposta do Museu e da Autarquia Cabeceirense que garante a continuação e o desenvolvimento de novos projectos.
No dia 18 de Maio, o Museu Terras de Basto abriu as portas até às 24h00m, cumprindo o seu importante papel na sociedade, fomentando a democratização da cultura, a promoção da pessoa e o consequente desenvolvimento da sociedade.
Ao assinalar esta data, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, associou-se a um conjunto de actividades que se desenvolvem no país como na Europa e que permitem não só a descoberta dos museus a públicos que podem ser visitados nos horários definidos, como também, observar uma outra luz projectada por iniciativas apelativas e criativas, envolvendo a comunidade e sensibilizando os diferentes públicos para a importância dos museus na sociedade. Um dia diferente, num Museu onde as pessoas contam.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.