Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 10-05-2010

SECÇÃO: Opinião

“Dia da Mãe”


Mãe:
Meu amor, minha querida!
Floresta densa
De mil segredos,
A esconder o papão
E os sacos de medos.
Resposta pronta
Olhar distante
Na saudade imensa
Dos tempos de menina
Passados com a mãe
Que foi tua.
Querida mãe!
Quando olhas para mim
Com teu olhar diamantino,
Que vêem tudo aquilo
Que eu não enxergo,
Que me ensinastes
A balbuciar a primeira
Palavra…Mãe!...
Porém, tudo nesta vida
É relativo!
Hoje sou eu a olhar para ti,
Amanha será outra
A olhar para mim,
A dizer-me como te digo hoje:
Gosto muito de ti!
Um beijo forte
Minha querida mãe.

Cacém, Maio de 2010
Jaime de Sousa e Silva

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.