Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 19-04-2010

SECÇÃO: Recordar é viver

A AVENTURA CONTINUA … Por terras de Sua Majestade

foto
Queridos leitores ainda com algum cheirinho e sabor das amêndoas da Páscoa, vou dedicar-me a escrever uma crónica ligeira, contando as peripécias sobre a minha ida a Inglaterra, mais propriamente à cidade de Londres, na companhia de alguns familiares. O meu marido, um apaixonado por visitas culturais, os meus netos mais velhos, Ricardo e o Pedro e o meu genro, José Dinis Andrade.
Devo dizer-vos com sinceridade, que foi um enorme prazer para mim viajar com este grupo alargado para tão longe de casa, uma vez que o costumo fazer somente com o meu marido. Costumamos aproveitar os feriados da Páscoa para fazer as tais viagens culturais e se a vida o permite, aí vamos, à aventura do desconhecido. E, foi o que fizemos também, este ano. De maneira que metemos pés ao caminho que é como quem diz, ao avião que nos levou ao destino previamente “delineado” pelo Carneiro e lá fomos.
A Inglaterra de Sua Majestade Isabel II, há muito que exercia em mim um enorme fascínio e um desejo profundo de um dia a visitar. Talvez a influência dos filmes e séries inglesas, os palácios da realeza, as histórias “cor de rosa” dos príncipes. Talvez a esperança de encontrar um dos residentes do Palácio Buckingham, talvez o Príncipe William nalguma rua mais famosa, contribuísse para esta minha fixação por visitá-la. Com isto quero dizer que sempre sonhei visitar Londres. Este ano tivemos oportunidade. E, nós aproveitámo-la bem!
Claro está, que não encontrei ninguém “real” ao vivo, que por vezes povoam a minha imaginação mas, como vou mostrar-vos em fotografia tive o privilégio de ser fotografada “junto” deles no Museu “Tussaud” após ter enfrentado filas das 10 horas da manhã até ás 17 horas da tarde, de pé, só para poder ver as pessoas mais famosas do mundo retratadas em cera. Valeu a pena o sacrifício! Foi a magia completa!
Conseguimos, mais ou menos, realizar todo o programa que tínhamos delíneado para três dias seguidos. Foi duro! Mas, valeu a pena! Vi monumentos, castelos, palácios, torres famosas, museus, ruas emblemáticas, centros comerciais e observei as mais diversas etnias.
Adoramos andar de metro. Era nesses momentos que aproveitava-mos para descansar as pernas. Outra coisa que me aconteceu, foi que, por causa dos netos, nunca comi tanta pizza. Só encarreiravam para as Pizza Hut. Coisas de jovens. Mesmo assim valeu a pena!
Não vos vou falar das minhas emoções e admiração por tudo quanto vi. Percebi que a cidade de Londres é uma cidade conservadora, um pouco fria talvez mas, de uma beleza impressionante. Pelo menos foi o que eu senti.
Não me vou por aqui com considerandos. Vou mostrar-vos algumas fotos para que vejam aquilo que eu não consigo mostrar com palavras. Espero que Deus me dê saúde mental, mobilidade nas pernas e a boa companhia da família para repetir estas experiências culturais.
Até a uma próxima.

fernandacarneiro52@hotmail.com
foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto

foto





















































Por: Fernanda Carneiro

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.