Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 08-03-2010

SECÇÃO: Opinião

Senhor

Ó supremo rei celestial
Solama a terra, o universo
O vosso poder absoluto, imortal
Consiliai e protegei o mondo tão disperço
Ò imaculado criador do homem e da terra
Ò sobereno, insuprível mestre, estás no cume
Vós que sois poderoso, acabai com a fome e a guerra
Com a miséria, arrogância a inveja e o ciúme
Ò portentoso e eterno salvador
Sois misericordioso e de poder infindo
Salvai mundo ímpio da pobreza e da dor
Nada de mais belo, que uma criança saltando, sorrindo
Ò exelso senhor, ó clemente
Criaste o homem há vossa semelhança
Purificai e dai paz ao mundo, e a sua gente
Vós que sêmeas-te, amor, tolerância e esperança
Senhor, ó generoso senhor, ouvi a minha prece
Humildemente me curvo, vos peço perdão pela humanidade
Acabai com a guerra, há gente a sofrer e não merece
Há crianças inocentes Senhor, basta de tanta atrocidade.
Fernando Carvalho
Março 2004

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.