Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 04-01-2010

SECÇÃO: Opinião

Era uma vez

Era noite de Natal.
A Senhora Maria, andava a labutar .
Nisto, apareceu um menino
Descalço e to rotinho!
Onde vais tu, disse Maria
Sozinho sem teres companhia?
Fica comigo para cear,
Sabes que hoje é noite de Natal!
E, sozinha não fico tão mal.
Não tens marido nem filho?
Tive um filho e marido
Foram ambos para o Céu.
Olha, nesta noite
Somos só tu e eu.
No fim da ceia,
Maria começou a rezar ,
O menino começou-se a elevar!
O tecto da casa abriu-se:
Maria começou a gritar,
Menino, menino, onde vai?
Vou para o Céu, vou ter com meu Pai
E deixa-me ficar?
Não Maria, sobe, sobe comigo,
Anda ver o teu filho e teu marido.
Mas o menino mentiu-me?
É feio a gente mentir,
Vou queixar-me à sua Senhora mãe!
A qual, se agora tenho duas?
Meu maroto!...
Vem Maria, deixa lá isso,
Não sabes o que são crianças?
E, Maria, agarrou-se
Á túnica do menino
E ambos seguiram o caminho.
Nisto, veio uma nuvem
Linda, cheia de luz!
Foi então que Maria
Viu, que o Menino, era Jesus.

Agualva – Cacém 24/12/2009
Por Jaime de Sousa e Silva


© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.