Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 23-11-2009

SECÇÃO: Informação

Arco de Baúlhe acolhe Encontro de S. Martinho

Por iniciativa da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e da empresa EMUNIBASTO, com a colaboração das associações e instituições concelhias, o Arco de Baúlhe festejou uma vez mais o S. Martinho, padroeiro daquela Vila, no dia 8 de Novembro.

O grupo do CNO da Mútua de Basto
O grupo do CNO da Mútua de Basto
A festa, que teve lugar durante a tarde, começou com a actuação do Grupo Musical “Cantar Portugal” da Associação Nun’ Álvares, de Fafe. A partir das 15h00m, o Pavilhão Gimnodesportivo acolheu o 9º Encontro de Quadras de S. Martinho onde participaram 24 grupos recreativos e culturais provenientes de todo o concelho, em representação de outras tantas colectividades.
Após a interpretação do rol de cantigas, efectuada pelo grupos «Águias de Painzela», os Espaços de Convívio e Lazer de Arco de Baúlhe, Faia, Outeiro, Refojos, Painzela e Pedraça, «Os menos jovens de Moimenta» e os «Eternos Jovens de Abadim», bem como, «Os amigos da ADIB», a Associação de Comedores e Bebedores de Outeiro, o Grupo de Cantares D. Nuno Álvares de Pedraça, os «Amigos da Fundação», a Associação dos Amigos de Basto, o Grupo de Cavaquinhos da Raposeira, o Centro Novas Oportunidades da Mútua, a Tunisa da Universidade Sénior, a Associação Desportiva e Cultural de Outeiro, os «Bombos da Orada», a 1ª Companhia de Cabeceiras de Basto das Guias de Portugal, o Grupo Folclórico de S. Nicolau, o Grupo Coral «Os Ceifeiros de Santo André», a ARCA e a Associação Basto em Acção, que proporcionaram ao numeroso público presente uma tarde de grande animação. A festa de S. Martinho prosseguiu com a realização de um magusto convívio oferecido a todos os presentes. Uma iniciativa à qual se associaram também grupos espontâneos que ao toque de instrumentos tradicionais deram azo a grande alegria.
Os Eternos Jovens de Abadim
Os Eternos Jovens de Abadim
Ao que apuramos, os grupos inscritos neste certame receberam um prémio de presença no valor de 150 euros.
Recuperar e dinamizar as tradições mais antigas, preservando o património cultural imaterial, bem como proporcionar às pessoas momentos de lazer e de convívio, foram os principais objectivos subjacentes a esta iniciativa que integra o calendário das actividades sócio - culturais da autarquia de Cabeceiras de Basto.
ECL de Refojos
ECL de Refojos


Os Cavaquinhos da Raposeira
Os Cavaquinhos da Raposeira

A festa terminou em convívio
A festa terminou em convívio

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.