Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 23-11-2009

SECÇÃO: Informação

Municípios protegem cursos de água Projecto de Cabeceiras de Basto recebe 200.000 euros

Cabeceiras de Basto foi um dos dez Municípios (entre os quais cinco minhotos) contemplados recentemente, com uma verba disponibilizada pela Administração da Região Hidrográfica do Norte, tendo em vista proteger e requalificar os seus recursos hídricos, através do reembolso das taxas aplicadas no âmbito da nova Lei da Água. Esta taxa, incluída na factura mensal da água e do saneamento, que na ocasião foi contestada, permitiu a criação de um Fundo de Protecção de Recursos Hídricos e a consequente distribuição de 50 por cento da taxa apurada, este ano quantificada em 1,4 milhões de euros. Um montante que agora é aplicado na defesa dos recursos dos ecossistemas aquáticos. Segundo informação divulgada, António Gerreiro, presidente da ARH do Norte, admitindo a existência de opiniões divergentes sobre a sua aplicação, considerou aquando da cerimónia de assinatura dos protocolos estabelecidos entre esta entidade e os diferentes municípios, que esta fórmula de pagamento “educa” e “encoraja” para um uso mais eficiente da água e para proteger a qualidade da mesma. “O mais importante é perceber que o dinheiro da taxa de recursos hídricos é agora devolvido à defesa dos nossos recursos”, frisou António Guerreiro. Além dos projectos protocolados em cerimónia realizada no dia 4 de Novembro na cidade do Porto e na qual esteve presente o edil cabeceirense Engº. Joaquim Barreto, este fundo apoiará também peritagens de segurança a pequenas barragens, vistoria de caudais ecológicos e passagens para peixes, demolições e reposição da legalidade e apoio à regularização dos títulos de utilização de captações de água, entre outros.
Os projectos contemplados foram financiados, ora a 50, ora a 90 por cento consoante a complexidade da intervenção em causa e a capacidades das autarquias.

A Pista de Pesca de Cavez vai ser beneficiada
A Pista de Pesca de Cavez vai ser beneficiada

Pista de Pesca
será beneficiada

Neste âmbito, ao município cabeceirense foi atribuida uma verba de 200.000 euros destinada a proteger as margens do rio Tâmega, através da beneficiação da Pista de Pesca Desportiva de Cavez.
Uma “benesse” que registou o agrado do município de Cabeceiras de Basto que ao longo dos anos tem demonstrado uma preocupação permanente na preservação e na valorizaçãos dos recursos endógenos concelhios, nomeadamente os recursos hídricos. Por outro lado, esta medida da ARH do Norte, demonstra que se trata de uma taxa útil, cujo apuramento é aplicado na valorização dos recursos, facto que contribuí para encorajar e educar para um uso mais eficiente da água, protegendo a sua qualidade e desta forma mitigando a sua contamização, já que ainda há muito trabalho a fazer no sentido de sensibilizar as pessoas para a escassez deste bem e que um serviço de abastecimento de qualidade tem custos.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.