Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 02-11-2009

SECÇÃO: Informação

NOVOS ÓRGÃOS AUTÁRQUICOS DO MUNICÍPIO INICIARAM FUNÇÕES

Os eleitos para as Autarquias de Cabeceiras de Basto - a Câmara e a Assembleia Municipal – tomaram posse no dia 17 de Outubro de 2009, em cerimónia que teve lugar na Sala de Conferências do Pavilhão Multiusos desta vila.

O reeleito Presidente da Câmara, Engº Joaquim Barreto na sessão de cumprimentos
O reeleito Presidente da Câmara, Engº Joaquim Barreto na sessão de cumprimentos
Compareceram a este acto não só os empossados, mas também centenas de convidados e um número considerável de populares que fizeram questão de assistir à instalação dos novos órgãos autárquicos do Município.
De acordo com os resultados eleitorais, o executivo municipal que vai dirigir os destinos do concelho nos próximos quatro anos, é liderado pelo reeleito Engº Joaquim Barreto integrando ainda o Órgão, os vereadores, Dr. Jorge Machado, D. Margarida Coutinho, Dr. Domingos Machado e Francisco Antunes Pereira, eleitos pelo Partido Socialista, assim como, Dr. Luís Miguel Jorge Gonçalves e Dr. António Fraga de Carvalho, eleitos nas listas do Partido Social Democrata.
A sala multiusos encheu-se  de pessoas para assistir à instalação dos novos orgãos autárquicos
A sala multiusos encheu-se de pessoas para assistir à instalação dos novos orgãos autárquicos
A Assembleia Municipal será presidida pelo médico Dr. Serafim China Pereira, também eleito nas listas do PS.
O edil Cabeceirense, Engº Joaquim Barreto foi ovacionado pelo público presente
O edil Cabeceirense, Engº Joaquim Barreto foi ovacionado pelo público presente
Na sua intervenção, o novo presidente da Câmara, agradeceu aos eleitores do concelho e à população em geral a forma serena, civilizada e empenhada como aderiram às eleições autárquicas no passado dia 11 de Outubro e que tiveram uma das maiores participações do distrito de Braga. Deixou também uma palavra de reconhecimento às centenas de candidatos que integraram as listas dando a sua contribuição política e de cidadania numa postura de liberdade, de diversidade de opiniões e opções partidárias, o que honra a Democracia e o nome de Cabeceiras de Basto. O reeleito presidente da Câmara, considerou ainda que a vitória alcançada é o reflexo do reconhecimento da população pelo trabalho desenvolvido ao longo dos últimos dezasseis anos e que conferiu a Cabeceiras de Basto um estatuto de terra atractiva para os mais variados agentes económicos e sociais. Ao longo dos últimos quatro mandatos em que liderou os destinos da Autarquia, a acção desenvolvida incidiu na resolução de problemas decorrentes da inexistência da maior parte das infra-estruturas básicas, nomeadamente no que respeita ao abastecimento de água, saneamento, caminhos e estradas de ligação às vilas, freguesias e aldeias, muitas delas até então isoladas e despovoadas, sem esquecer a própria credibilidade da Autarquia com a renegociação da dívida e a consequente recuperação do bom nome do Município. Realçou também, o apetrechamento e melhoria dos serviços municipais, uma adequada optimização dos recursos humanos e financeiros, assim como, a promoção de várias iniciativas de índole sócio-cultural, dinamizando o associativismo, valorizando os produtos genuínos locais e contribuindo para o desenvolvimento cultural das populações e o crescimento acentuado das actividades comerciais e turísticas. Por outro lado, a requalificação e revitalização de espaços públicos, a construção de edifícios e de equipamento colectivos, a recuperação de diversos edifícios de valor patrimonial e histórico, dotando-os de novas valências e colocando-os ao serviço da população, foram algumas das apostas efectuadas ao longo dos últimos anos. De referir ainda, como pontos essenciais de uma nova forma de fazer política que procurou por em prática, a aposta nas pessoas, aplicando medidas de índole social a várias franjas da população mais débeis, praticando assim uma solidariedade activa, através da dinamização de serviços capazes de dar respostas à população apostando na valorização do potencial humano dando particular atenção à educação e à formação, o apoio escolar, o serviço de refeições nas cantinas, o desporto escolar, o acesso às novas tecnologias, bem como a criação do gabinete de apoio às empresas, à inovação e ao desenvolvimento. Desta forma, foi traçado um rumo claro para o futuro, abrindo-se horizontes de modernidade, recuperando-se a confiança, aprofundando-se a participação democrática e reconquistando-se o orgulho de ser cabeceirense. Um orgulho que saiu reforçado, após dezasseis anos a liderar os destinos do Município. Na ocasião, o autarca prometeu continuar a trabalhar em prol de todos os agentes e sectores de actividade, desde os agricultores aos industriais e comerciantes, ao movimento associativo, cultural, desportivo, empresarial e social, discriminando positivamente as crianças, os jovens, as mulheres e os idosos.

Uma gestão assente no diálogo e no respeito por todos

Eng. Joaquim Barreto toma posse como Presidente da Câmara
Eng. Joaquim Barreto toma posse como Presidente da Câmara
O reeleito presidente da Câmara enfatizou ainda, a participação e o envolvimento de toda a comunidade local nos projectos, nas obras e nas iniciativas promovidas pela Autarquia, o que tem sido feito – sublinhou – com diálogo e respeito por todos.
Para o futuro, o Engº Joaquim Barreto anunciou uma série de projectos, de investimentos e de iniciativas estratégicas de grande importância para continuar a desenvolver de forma sustentável o concelho, balizado pelo mesmo rigor e exigência que tem dominado os mandatos anteriores. Sublinhou neste quadro, dar continuidade ao que ainda falta fazer em todos os sectores; aprofundar ainda mais o modelo de governação assente numa política de abertura, continuar a apostar na educação, dar particular atenção à cultura, aprofundar o apoio às famílias mais vulneráveis, criar e dinamizar programa dirigidos à juventude, promover e apoiar a nossa base produtiva, apoiar a instalação de empresas, promover o turismo, melhorar a qualidade ambiental e apostar na eficiência energética, em suma, manter a identidade continuando a investir na modernização do concelho, que passa também pelas novas vias de comunicação, novos edifícios, novas infra-estruturas e novos equipamentos, que concretizem as medidas do programa de fazer ainda mais e melhor pela nossa terra.

Orçamento municipal participativo

Dr. China Pereira toma posse como Presidente da Assembleia Municipal
Dr. China Pereira toma posse como Presidente da Assembleia Municipal
O autarca aproveitou o momento para anunciar as acções já previstas para arrancar em 2009/2010, referindo-se à continuação do orçamento municipal participativo, à integração de novos apoios no Cartão do Munícipe, à criação de um observatório para o sucesso educativo, à comemoração do centenário da República, à promoção de concertos de órgão de tubos no Mosteiro de S. Miguel de Refojos, à elaboração da carta social e da carta desportiva do concelho, à beneficiação e à ampliação da pista de pesca desportiva de Cavez, à construção do Centro Escolar de Arco de Baúlhe, à requalificação do Centro Escolar de Refojos II, à conclusão da substituição integral da Escola EB 2,3/Secundária de Cabeceiras de Basto, à continuação da infra-estruturação dos parques empresariais, à pavimentação do prolongamento da Rua Dr. Agostinho Moutinho assim como, da beneficiação da EN 311 entre Cabeceiras e o limite do concelho, à conclusão da primeira fase da variante sul entre Lamas e Refojos, ao início da implementação do projecto Tempus, à instalação da Casa do Moinho e do Centro de Vida Selvagem, em Moinhos de Rei, à conclusão do projecto da Casa da Juventude, entre outros desafios e projectos ambiciosos capazes de transformar Cabeceiras de Basto numa terra ainda mais desenvolvida. Para finalizar o seu discurso diversas vezes interrompido com aplausos, o reeleito Presidente da Câmara agradeceu toda a colaboração que o então presidente da Assembleia Municipal, Dr. China Pereira, prestou ao longo do último mandato. Na ocasião, Joaquim Barreto disponibilizou-se para continuar a trabalhar com todos em prol de um concelho cada vez mais moderno e onde dê gosto viver.

Poder autárquico como factor de desenvolvimento e progresso

Por sua vez, o Presidente da Assembleia Municipal, o reeleito, Dr. Serafim China Pereira, agradeceu a presença de todos os que se associaram a esta festa, enaltecendo o poder autárquico como factor de desenvolvimento e de progresso. Na ocasião felicitou o Engº Joaquim Barreto, pelo trabalho que fez ao longo dos últimos dezasseis anos, considerando-o um homem que honra o concelho, o distrito e o país. Seguiu-se uma sessão de cumprimentos.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.