Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 21-09-2009

SECÇÃO: Informação

INICIOU MAIS UM ANO LECTIVO
COM NOVIDADES E ALTERAÇÕES MAS COM TODA A NORMALIDADE

Iniciou-se no passado dia 14 de Setembro um novo ano lectivo. Quase dois milhares de alunos frequentam os diferentes níveis de ensino, desde o pré-escolar até ao ensino secundário. A juntar a estes funciona ainda em Cabeceiras de Basto um Curso de Especialização Tecnológica, ensino pré-universitário, da responsabilidade do Instituto Superior Politécnico do Cávado e do Ave e mais umas centenas de formandos frequentam acções de formação profissional promovidas por diversas entidades. Dois Centros de Novas Oportunidades, com mais de um milhar e meio de cidadãos inscritos, desenvolvem também a sua actividade, no âmbito da valorização do potencial humano Cabeceirense.
No que diz respeito ao pré-escolar e ensino básico verificam-se em Cabeceiras de Basto, no corrente ano lectivo, alterações significativas. Com efeito, a abertura do novo Centro Escolar de Refojos, agora designado Padre Dr. Joaquim Santos, acolhe os alunos do pré-escolar anteriormente inscritos no JI de Refojos e que funcionava no edifício da Junta de Freguesia, (100 alunos) bem como os alunos do primeiro ciclo matriculados na antiga EB1 de Refojos e os alunos da EB 1 de Chacim, encerrada no corrente ano. Para aqui foram também deslocados agora os alunos da EB1 de Passos e da EB1 de Petimão, tal como previa a Carta Educativa. Estes últimos alunos frequentaram nos dois anos anteriores, a EB1 da Faia, por ser a escola que melhores condições apresentava para os receber, enquanto não esteve pronto este novo Centro Escolar. Já relativamente à escola de Chacim, de referir que só este ano foi possível encerrá-la, embora por vontade da maioria dos pais esse encerramento já devesse ter acontecido em anos anteriores. Mas, o mesmo motivo, ou seja, falta de salas e condições para acolher esses alunos em Refojos impediu que tal tivesse acontecido nessa altura.
Os transportes escolares foram assim planeados em função destas alterações e, hoje, o ensino básico funciona no referido novo Centro Escolar, nas EB 1/JI da Ferreirinha, em Cavez, de Pedraça, da Faia, de Lameiros, da Cumieira e Gondarém, em Cabeceiras de Basto (S. Nicolau), de Alvite e de Outeiro.

O novo Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos acolheu as crianças do pré-escolar e do 1º ciclo do Agrupamento de Refojos
O novo Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos acolheu as crianças do pré-escolar e do 1º ciclo do Agrupamento de Refojos
O serviço de refeições continua a ser assegurado pela autarquia como em anos anteriores, quer para os alunos do 1º ciclo, quer para os alunos do Jardim-de-infância, nas escolas que possuem cantina ou refeitório.
Outra grande alteração está a acontecer na EB 2,3 de Cabeceiras de Basto. Esta escola, como já aqui noticiámos anteriormente, entrou em obras no final do passado mês de Junho. Trata-se da substituição integral da Escola que estará pronta no início do próximo ano. Será uma nova Escola, moderna, virada para o futuro e que muito vai melhorar as condições de ensino, de aprendizagem, de sociabilização.
Durante o corrente ano lectivo esta Escola funciona num dos antigos pavilhões, ainda não demolido, em monoblocos, mais conhecidos por contentores, que foram instalados no campo de jogos, enquanto que o Pavilhão desportivo ficou destinado a recreio. A cantina funciona igualmente em contentores instalados junto à Piscina Municipal. As aulas de educação física decorrem no Pavilhão Desportivo Municipal de Refojos. As obras decorrem completamente isoladas dos espaços frequentados pelos alunos, professores e funcionários, estando assim garantidas todas as condições de segurança. De referir que os monoblocos estão dotados de boas condições de habitabilidade. Todos estão dotados de ar condicionado.
O presente ano lectivo fica marcado por alterações também ao nível dos auxílios económicos às famílias que possuem crianças a frequentar o 1º ciclo. A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou na sua reunião do passado dia 9 de Setembro, um conjunto de novos apoios financeiros. Assim, para além do apoio ás refeições escolares, as famílias que se situam nos escalões 1 e 2 do abono de família receberam um Kit por aluno com material escolar e apoio financeiro para aquisição de livros.
De acordo com uma fonte da autarquia, quer a Câmara Municipal, quer a Direcção do Agrupamento de Escolas de Refojos têm acompanhado com toda a atenção o início do ano lectivo para que os eventuais problemas que surjam possam ser rapidamente resolvidos no interesse das crianças, das famílias e das escolas.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.