Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-08-2009

SECÇÃO: Opinião

CAMPANHA ELEITORAL
Numa luta sem quartel, os partidos acreditados para as Eleições Autárquicas, tentam o assalto ao Município Mondinense!

A campanha eleitoral abriu as portas e já trabalha com grande frenesim. Diz o “PPD/PSD”,pela voz do seu cabeça de lista, Eng.º Francisco Ribeiro, que o CONCELHO ESTÁ PRIMEIRO. Não sei até que ponto é verdadeira esta afirmação, pois quem está há doze anos, como Vereador na Câmara Municipal, obviamente que poderia ter feito bastante mais. É certo que Pinto de Moura, foi sempre quem traçou todas as directrizes da gestão municipal não dando hipóteses aos restantes elementos do colégio municipal, com muito raras excepções, para que as suas propostas fossem aprovadas. Depois de constantes incertezas na apresentação da sua candidatura, o Eng.º Francisco Ribeiro, finalmente confirmou que é ele o cabeça de lista do “PPD/PSD”. A sua apresentação, teve lugar no passado Sábado na Escola EB/2 e 3/S de Mondim de Basto, presidindo ao acto, o candidato nacional pelo círculo de Vila Real, Dr. Montalvão Machado.
O “Partido Socialista”, com toda a pompa e circunstância, diz que: agora sim, “MONDIM PARA TODOS”. Quando há 33 anos fui candidato à Câmara Municipal, pelo “P.S.”, e fui eleito Vereador, também eu pensava que sim, Mondim seria para todos. Puro engano. A nossa terra, continua a ser só de alguns e tenho algumas dúvidas que venha a mudar. Os grandes interesses de quem mais tem, continuam a sobrepor-se aos mais necessitados.

PPD/PSD - Eng.º F. Ribeiro
PPD/PSD - Eng.º F. Ribeiro

O desemprego e a carestia de vida, voltam de novo a trazer a fome, o desalento, a amargura e a aflição dos mais carecidos. A emigração assalta outra vez o coração dos Mondinenses, que não vendo outras alternativas, lá vão emigrando para Espanha e agora também para Angola. Triste sina a nossa… ! Descobrimos o mundo e damos novos mundos ao mundo, ensinando, educando e trabalhando no meio de todas as raças. Quinhentos anos depois, temos que emigrar de novo, para sobreviver. Diz o “P.S.” no seu programa eleitoral, que tem uma equipa com algumas caras novas e que se propõe, “dar continuidade ao que de bom foi feito pelos Mondinenses, nos últimos quatro anos”… como eu gostaria de acreditar!!! O Eng.º Humberto Cerqueira, também está na Câmara Municipal há muito tempo. Espero que ao menos tenha aprendido alguma coisa e consiga reunir ideias e valores, que conduzam a uma “câmara” verdadeiramente ao serviço de todos os Mondinenses.
PS - Eng.º H. Cerqueira
PS - Eng.º H. Cerqueira
O “CDS/PP”, é pragmático: “AGORA, MONDIM”. Este partido aparece completamente mudado e com alguns nomes que já deram provas do que valem e que podem muito bem, fazer renascer a esperança de uma boa gestão municipal. É óbvio que a maioria deles terão pouca experiência na política e isso poderá constituir um revés, para se alçapremarem à cadeira do poder. O Eng.º Lúcio Machado, é um jovem cheio de qualidade de quem muito se espera, embora nestas coisas da política, seja necessário algum arrojo e até valentia, para contornar os obstáculos que possam surgir, no caso de vir a vencer as eleições. Aguardemos.
Finalmente, o “PCP/CDU”, promete fazer “ruptura e mudança, por uma vida melhor”. Já ouvimos isto tantas vezes, que já decoramos o “slogan”. Mesmo assim, é bom que em democracia e liberdade, apareçam novos candidatos, é sinal de vitalidade e de esperança. António Souto, é um jovem militante do “PCP” que acredita ser possível haver mudança e ele próprio contribuir para isso mesmo. É a alma de Abril a florir de novo, ensinando e incentivando os mais jovens a participar na democracia.
CDS/PP - Eng.º Lúcio Machado
CDS/PP - Eng.º Lúcio Machado
O “PCTP/MRPP”, é representado na candidatura à Câmara Municipal, pelo Alfredo Dinis, um grande Mondinense que não vira a cara à luta e que diz: “ser possível desta vez contornar os obstáculos e colocar o Município Mondinense, no lugar que merece”. Este jovem candidato é um eterno lutador, que há mais de 25 anos, tem lutado com todas as suas forças para que a “linha do Vale do Tâmega”, seja outra vez uma realidade na região. A sua acção estendeu-se nos últimos tempos também, pela luta contra a construção da “barragem de Fridão”.
Depois de tudo isto, quem os ouve não é surdo, com as promessas a surgirem de todo o lado, a querer demonstrar que afinal, “MONDIM PODE ESTAR DESCANÇADO”. Vamos ter realmente uma Câmara nova, novinha em folha e fabricada com os melhores materiais humanos.
PCP/CDU - António Souto
PCP/CDU - António Souto

Os candidatos não terão grande experiência em gestão autárquica, mas também não será preciso. As estruturas tradicionais, tudo leva a querer que irão manter-se, “ganhe quem ganhar”. Logo, não se corre o risco de haver grande trovoada no “parlamento municipal”, que assim garantirá o funcionamento normal do Município, mesmo sem maioria ou descoloridas clubites partidárias. Pode o senhor “Fernando Pinto” dormir descansado, que quem o for substituir na “cadeira do poder”, dará as garantias necessárias ao Povo Mondinense de uma gestão séria e eficaz, capaz de conduzir os destinos do concelho ao prometido progresso e ao desenvolvimento. Cá estaremos para ver e analisar, o trabalho dos nossos queridos políticos, que todos desejam vencer, nesta caminhada difícil, mas sem escolhos, numa economia que deixa agora a recessão, tornando mais viva a esperança de um mandato calmo, sereno e profícuo.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.