Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 10-08-2009

SECÇÃO: Informação

Beneficiada a zona envolvente ao polidesportivo da Cumieira

Os Presidentes, da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e da Junta de Freguesia de Cabeceiras de Basto (S.Nicolau), Engº Joaquim Barreto e Francisco Correia, respectivamente, bem como, vereadores, deputados municipais, demais autarcas e população em geral, procederam no dia 31 de Julho, à inauguração do arranjo urbanístico da zona envolvente ao polidesportivo da Cumieira, na freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau). Uma obra apoiada pela Junta de Freguesia,que vem concluir um projecto mais vasto defenido para aquela zona ribeirinha e central da freguesia, construído de forma faseada e que, uma vez acabado, beneficia aquele espaço com condições propícias ao lazer, ao desporto e sobretudo, à fruição dos tempos livres de forma salutar e em contacto com a natureza.

O Festival de Folclore
O Festival de Folclore
Um investimento quantificado na totalidade em 90 mil euros, distribuído quer pela construção do polidesportivo que incluiu a realização de trabalhos como vedação, equipamento desportivo, iluminação, pavimentação, colocação de relva sintéctica, bancadas, entre outras valências, quer pela beneficiação da zona envolvente ao recinto de jogo, criando zonas de estacionamento, zonas pedonais, colocação de mobiliário urbano nomeadamente mesas e bancos, iluminação e ajardinamento, transformando uma zona outrora “atrofiada”, num espaço amplo destinado à promoção de actividades diversas, a pensar nas pessoas e no seu bem-estar, disse na oportunidade o edil Cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, realçando o histórico deste arranjo urbanístico ora concluído e de grande importância para a freguesia.

Festa dos Saberes e dos Afectos

O edil Cabeceirense, Engº Joaquim Barreto e demais autarcas procederam igualmente no dia 31 de Julho, à abertura da Festa dos Saberes e dos Afectos, que a Fundação A J Gomes da Cunha promove anualmente com o apoio das Junta de Freguesia e demais associações, naquela zona ribeirinha, que integra também uma praia fluvial, um campo de jogos e uma área de lazer, com o objectivo de envolver as colectividades locais que durante o certame apresentam quer aos residentes quer aos visitantes, as acções que desenvolvem e os serviços que prestam. Por outro lado, a sua presença neste certame, que se prolongou até ao dia 2 de Agosto, permite igualmente a dinamização de várias actividades sócio-culturais, recreativas e desportivas, envolvendo a população. No uso da palavra, o edil deixou uma palavra de apreço à Fundação A J. Gomes da Cunha, pelo importante trabalho que desenvolve em prol das pessoas portadoras de deficiência e que através da sua acção diária proporciona mais qualidade de vida aos utentes e familiares, envolvendo a comunidade e ajudando a construir uma sociedade cada vez mais solidária.
Uma nova área de lazer
Uma nova área de lazer

Festival Folclórico de S. Nicolau

Integrado no programa desta iniciativa esteve também a realização de mais uma edição do Festival Folclórico organizado pelo Rancho de S. Nicolau, que trouxe àquela localidade, grupos do concelho e da região, noeadamente de Mondim de Basto, de Vieira do Minho e da Gandarela de Basto, divulgando e promovendo o folclore e a etnografia portuguesa e proporcionando aos milhares de emigrantes que nesta época visitam o concelho, o contacto com as suas raízes e a sua cultura.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.