Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 29-06-2009

SECÇÃO: Destaque

Ministro Alberto Costa inaugurou Palácio da Justiça de Cabeceiras de Basto

O Ministro da Justiça, Dr. Alberto Costa, acompanhado pelos Secretários de Estado Adjunto e da Justiça, Dr. Conde Rodrigues e dos Assuntos Fiscais, Dr. João Freitas Lobo, deslocou-se no dia 3 de Julho, a Cabeceiras de Basto para proceder à inauguração do Palácio da Justiça deste concelho. Uma cerimónia na qual estiveram também presentes o Governador Civil do Distrito de Braga, demais responsáveis pelos serviços de Finanças e da Justiça, autarcas e população em geral que se associaram a este acontecimento, há muito reivindicado pela população Cabeceirense.
Um dia histórico para Cabeceiras de Basto, disse na oportunidade o Presidente da Câmara Municipal, Engº Joaquim Barreto, manifestando a sua satisfação e alegria pela concretização de um processo que se arrastava há mais de vinte anos. A sua construção moderna, que associa funcionalidade e beleza arquitectónica, permitirá certamente, a prestação de melhores serviços aos Cabeceirenses. Por outro lado, a parceria estabelecida entre os Ministérios das Finanças e da Justiça, é igualmente de realçar já que permite que num só edifício sejam prestados agora três serviços - Tribunal, Finanças e Conservatórias, reunindo assim, condições para optimizar, agilizar e melhorar os serviços prestados às populações.

A comitiva visitou os serviços da Conservatória
A comitiva visitou os serviços da Conservatória
Trata-se, por isso, de uma obra avaliada em cerca de 2.276.000 euros, agora concretizada e para cuja construção muito contribuiu a intervenção do Secretário de Estado Adjunto e da Justiça, Dr. Conde Rodrigues, que “desencravou” um processo antigo, que remonta ao ano de 1987. No entanto, após várias vicissitudes, só em 1995, a Autarquia garantiu condições de disponibilização do terreno necessário para a edificação do Tribunal e reafirmou a necessidade urgente de concretização.
Em 2001, foi assinado um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal e o Ministério da Justiça destinado à sua construção, mas, só após um interregno de quatro anos, entre 2002 e 2005, o assunto voltou à agenda do Governo que retomou o processo e diligenciou no sentido de construir este importante equipamento.
0 Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, agradeceu a oportunidade a todos aqueles que contribuiram para a concretização deste importante equipamento público para o concelho de Cabeceiras de Basto.
O Palácio da Justiça alberga 3 serviços: Tribunal, Finanças e Conservatória
O Palácio da Justiça alberga 3 serviços: Tribunal, Finanças e Conservatória

Mais qualidade, conforto e eficiência

O Presidente da Câmara, Engº Joaquim Barreto considerou este dia, um dia histórico
O Presidente da Câmara, Engº Joaquim Barreto considerou este dia, um dia histórico
No uso da palavra, o Ministro da Justiça, Dr. Alberto Costa, considerou este um dia feliz, já que está certo de que este equipamento oferece mais qualidade, conforto e eficiência no desenvolvimento do trabalho. Disse ainda, que esta convicção é extensiva a todo o território, fruto do investimento que vem sendo feito em vários locais do país.
O Ministro disse na ocasião que este edifício oferece mais qualidade, conforto e eficiência
O Ministro disse na ocasião que este edifício oferece mais qualidade, conforto e eficiência
Aquele membro do Governo, enalteceu ainda a acção do autarca Cabeceirense, Engº.Joaquim Barreto, pela dedicação a esta obra a quem deu um importante contributo, no sentido de prestar um melhor serviço às pessoas e à modernização dos serviços. Trata-se por isso, de uma obra emblemática, já que reflecte uma política que não pensa apenas nas grandes metrópoles, mas também em terras do interior do país, dotando-as de equipamentos que permitem a prestação de melhores serviços. Política esta, que considerou reformista e com incidência em todo o país, numa lógica de maior proximidade e qualidade, já com resultados positivos que permitiu inverter a tendência ao nível dos processos pendentes. Por fim, aquele membro do Governo, deixou uma mensagem de optimismo, frisando que «não se deixem abater por pessimismos». Temos que pensar no futuro e em melhores resultados.
A comitiva visitou as instalações
A comitiva visitou as instalações
Findas as intervenções, o programa prosseguiu com a visita às instalações dos três serviços instalados neste equipamento considerado modelar.
Um edifício nobre que alia beleza com funcionalidade
Um edifício nobre que alia beleza com funcionalidade

Os Secretários de Estado da Justiça e dos Assuntos Fiscais, bem como, o Governador Civil de Braga estiveram presentes na cerimónia
Os Secretários de Estado da Justiça e dos Assuntos Fiscais, bem como, o Governador Civil de Braga estiveram presentes na cerimónia





















© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.