Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 29-06-2009

SECÇÃO: Desporto

Piscina Municipal realiza Festival de Natação

Tendo em vista assinalar o encerramento da sua actividade durante os meses de Verão, a Piscina Municipal de Cabeceiras de Basto, através da empresa Emunibasto, promoveu no dia 27 de Junho, um Festival de Natação, na qual participaram dezenas de miúdos e graúdos que ao longo do ano frequentaram aquele espaço desportivo do concelho.
Uma iniciativa que teve como principal objectivo promover uma festa convívio entre os utentes inscritos nas aulas de natação, frequentadores da piscina, professores e funcionários deste equipamento, bem como, divulgar os serviços prestados e motivar as crianças e jovens inscritos nas aulas de adaptação ao meio aquático através da iniciação e aperfeiçoamento das técnicas de nado.

foto
Assim, este equipamento desportivo serviu de cenário para a realização de várias actividades de adaptação ao meio aquático destinadas às crianças e jovens entre os 3 e os 5 anos, entre os 6 e os 13 anos e aos maiores de 13 anos.
Outra das actividades realizadas e desmonstradas, foi a hidroginástica, uma modalidade aberta a todas as idades, que atraiu pais, alunos, atletas, idosos e público em geral.
A festa terminou com a entrega de diplomas e a oferta de um lanche convívio a todos os presentes.
foto
Recorde-se que o Município dispõe de duas piscinas municipais – Cabeceiras de Basto e Arco de Baúlhe – que são equipamentos desportivos que têm vindo a registar, grande número de utilizadores, que ali se deslocam para frequentar as aulas de natação, hidroginástica, banhos livres, entre outras acções planeadas e direccionadas para os jovens e menos jovens, como é o caso da natação específica para idosos. Ao que apuramos, os equipamentos são frequentados por pessoas deste concelho, mas também de terras limítrofes pertencentes aos Municípios de Ribeira de Pena, Mondim e Celorico de Basto.
Esta iniciativa, tal como muitas outras que têm sido levadas a cabo, resultam da estratégia adoptada pelo actual executivo, de apoio e incentivo ao desporto através, quer da criação de condições que garantam a sua prática, quer através das ajudas às associações locais, regionais e nacionais na realização de eventos cuja organização encontra condições ideais para a sua concretização.
A viabilização da prática desportiva, alargada a várias modalidades das quais se destaca o judo, a canoagem, o andebol, a natação, o voleibol e o futebol, permite também proporcionar à população Cabeceirense, nomeadamente aos mais jovens a prática regular de desporto, em condições técnicas e físicas devidamente credenciadas.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.