Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 27-04-2009

SECÇÃO: Informação

Dia da Mãe

A Junta de Freguesia de Mondim de Basto, como tem vindo nos sucessivos anos anteriores, associando-se a celebração do Dia da Mãe. Neste ano, esta homenagem tem a particularidade na mensagem de ter sido criada por uma mondinense de gema, que na sua juventude emigrou para o Brasil. Em 1972 ausentou-se do Brasil para casar-se em Angola. Retomou ao Rio de Janeiro em 1973 onde permanece até hoje. Mãe de dois filhos ficou viúva passados 22. Ingressou na faculdade e cursou dois anos de literatura portuguesa e Poesia. Dedicou-se a escrever poesias. Sua produção literária cresceu passando por crónicas e contos. Desde então, sua poesia e seu talento não pararam de crescer. Participa activamente em várias instituições e academias ligadas à literatura. Foi citada em livros que analisam a poesia, “Mulheres emigrantes portuguesas” de Maria Manuela Aguiar. Recebeu inúmeros prémios e homenagens entre eles, a distinção de ser uma das dez mulheres do ano de 2006, concedida pelo Conselho Nacional das Mulheres do Brasil.

Ser Mãe!

Divina Missão
Deus fez a mulher
Como um vaso de Ternura
Carinho devoção
Mãe!
Tem em sua dedicação
Uma promessa de vida
Ela é oásis,
aconchego
ninho de amor.
Aos filhos, empresta seus sonhos
dá lhe suas asas,
ensina-os a voar…
sua vida tem, um só sentido
o muito amar.
Dia de mãe é ser
todas as horas
sentinela do bem-querer!
Parabéns a todas as mães da terra
E para aquelas que estão no plano
superior, que elas possam abençoar
todas.

Fátima dos Santos Parente Ferreira

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.