Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 06-04-2009

SECÇÃO: Opinião

foto
Notícias de Mondim
“CONTAR, CANTAR E PINTAR MONDIM”

Em segunda edição
A Junta de Freguesia de Mondim de Basto, volta este ano a realizar e desta vez com justificada razão, o evento cultural, “Contar, Cantar e Pintar Mondim”.
Tudo aponta para que esta realização venha a ter lugar na primeira semana de Maio. O tema escolhido, será os “rios” e tem a ver com a problemática da construção das barragens previstas para o rio Tâmega, cujas consequências ainda ninguém responsável veio a terreiro esclarecer.
No caso da barragem de Fridão, vir a ter pernas para andar, obviamente que muita gente irá sair prejudicada. E ainda não foi dado qualquer tipo de informação pela “E.D.P.”, sobre os prós e contras aos interessados.
A construção de uma barragem desta envergadura no rio Tâmega, tem à partida os interesses económicos da “E.D.P.” e do governo. Mas, ainda ninguém apresentou alternativas credíveis e razoáveis, para os moradores das margens do Tâmega, que verão as sua casas e as suas terras, ficarem abandonadas e até submersas com as águas da barragem.
Fala-se na construção de uma nova ponte, que irá substituir a velha ponte de Mondim - inaugurada em 1 882 - entre este concelho e a freguesia de Veade do vizinho concelho de Celorico de Basto. Fala-se também, que Mondim sairá beneficiado com a ligação, à tão falada via do Tâmega, que nos ligará mais facilmente às auto estradas, A-4 e A-7.
São conjecturas de “labéu labéu” e que até agora ninguém confirma.
A realização deste evento pela Junta de Freguesia de Mondim de Basto, estou certo, irá trazer a lume todas as discussões deste intrincado problema que nos pode afectar a todos.

Por: José Teixeira da Silva

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.