Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 16-03-2009

SECÇÃO: Informação

Governador Civil de Braga visitou Fundação A. J. Gomes da Cunha

Aspecto do desenvolvimento da nova construção
Aspecto do desenvolvimento da nova construção
O Governador Civil do Distrito de Braga, Dr. Fernando Moniz, acompanhado pela Directora Regional da Segurança Social de Braga, Drª Maria do Carmo Antunes, pelo Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Engº Joaquim Barreto, demais autarcas e técnicos, visitaram no dia 10 de Março, a Fundação A J Gomes da Cunha, na localidade de Gondarém, deste concelho.
A iniciativa, decorreu na Semana Social que teve lugar de 9 a 12 de Março no distrito de Braga e durante a qual foram promovidas visitas às obras de construção de diversos equipamentos sociais que foram alvo de comparticipação financeira integrada no programa PARES I.
Jorge Machado, presidente da Fundação recebeu o Governador Civil, Fernando Moniz acompanhado pelo presidente da Câmara, da Directora da Segurança Social de Braga, do presidente da Junta de Cabeceiras de Basto, entre outros convidados
Jorge Machado, presidente da Fundação recebeu o Governador Civil, Fernando Moniz acompanhado pelo presidente da Câmara, da Directora da Segurança Social de Braga, do presidente da Junta de Cabeceiras de Basto, entre outros convidados
O Lar Residencial que está a ser levada a cabo pela Fundação A J Gomes da Cunha, na freguesia de Cabeceiras de Basto – S. Nicolau, foi um dos locais visitados e onde a comitiva pode verificar in loco o adiantado estado de construção, bem como, inteirar-se das dificuldades que a edificação de uma valência desta envergadura comporta.
Trata-se de um investimento total de 742.599,00 euros, que implica comparticipação pública e privada e que exige por parte da instituição um esforço financeiro muito significativo.
Recorde-se que esta obra foi lançada em Agosto de 2008, aquando da visita do Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Dr. António Vieira da Silva, ao concelho.

Um sonho quase realidade

foto
A construção deste equipamento representa uma resposta social, há muito ansiada, destinada aos cidadãos portadores de deficiência não só deste concelho, como de outras localidades limítrofes, que apresentem uma ténue retaguarda familiar.
Este Lar Residencial terá capacidade para albergar 24 utentes, encontra-se referenciado como obra prioritária no Plano de Desenvolvimento Social de Cabeceiras de Basto e que mereceu a aprovação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.