Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 16-03-2009

SECÇÃO: Informação

CURSO DE PANIFICAÇÃO E PASTELARIA

Dezanove formandos frequentam a partir do dia 11 de Março, no edifício multiusos do mercado municipal, um curso de panificação e pastelaria.
Trata-se de uma acção de formação que resulta da parceria entre a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, o Centro de Formação de Chaves e o Centro de Emprego de Basto, que durante dezoito meses, vai proporcionar aos formandos inscritos a aquisição de conhecimentos na área da panificação e pastelaria, garantindo em simultâneo a equivalência ao 9º ano de escolaridade e a certificação profissional nesta área.

Oportunidade de qualificação

Joaquim Barreto abriu mais um curso de formação profissional para desempregados
Joaquim Barreto abriu mais um curso de formação profissional para desempregados

Uma nova oportunidade de qualificação e formação que visa contribuir para a sua posterior inserção no mercado de trabalho. Oportunidade esta, que o edil Cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, espera ver aproveitada por todos os que frequentam esta acção, em prol da sua valorização pessoal e profissional, contribuindo assim para uma mais fácil inserção no mercado de trabalho e na dinamização económica do concelho.
O Presidente da Câmara considerou ainda que esta é uma área com futuro, já que o mercado de trabalho está cada vez mais exigente daí podendo advir novas oportunidades laborais. Por fim, o autarca apelou ao empenho dos formandos na aquisição de novos conhecimentos que serão certamente uma mais valia para melhorar a qualidade de vida e o seu bem-estar.
Nesta cerimónia, onde estiveram presentes também formadores e responsáveis da autarquia pela área da formação, o director do Centro de Emprego de Basto disse tratar-se de mais uma resposta adequada às necessidades das pessoas que estão inscritas nesta estrutura, apelando na ocasião, aos formandos, para que valorizem toda a aprendizagem que vão receber pois trata-se de uma área que vem de encontro às exigências do mercado. Realçou ainda, que mais importante que a bolsa de formação que os inscritos receberão durante este período, é o conhecimento que adquirem e a certificação nesta área que contribuirá certamente para aceder mais facilmente ao emprego.

Parceria com resulados positivos

Da mesma opinião partilhou o director do Centro de Formação de Chaves que na ocasião agradeceu toda a colaboração que tem recebido por parte da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e da empresa Emunibasto, entidades que têm permitido a realização de várias formações bem sucedidas no âmbito da qualificação dos recursos humanos desta região de Basto. Referiu ainda, que este é um investimento na formação das pessoas que directa ou indirectamente vai reflectir-se no desenvolvimento da região e do país. É por isso, um investimento avultado na qualificação das pessoas que não pode ser desperdiçado, mas que implica direitos e deveres por parte de quem o frequenta, apelando assim ao empenho de todos.
Esta formação em panificação e pastelaria, proporciona a quem tem mais de 18 anos e se encontra desempregado, a possibilidade de adquirir novos conhecimentos e competências e desta forma, obter uma certificação escolar e laboral, viabilizando ainda a prossecução dos estudos, no ensino secundário e universitário.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.