Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 16-03-2009

SECÇÃO: Informação

Contar, Cantar e Pintar Mondim
“Os nossos rios”

O Tejo é mais belo que o rio que corre na minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre na minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia
( Poema XX, Alberto Caeiro )
A Junta de Freguesia de Mondim de Basto irá dar sequência ao evento Contar, Cantar e Pintar Mondim, com uma II edição. A continuidade desta iniciativa resulta do sucesso do modelo que originou uma reflexão sobre esta terra, torrão natal, berço de poetas, homens de trabalho e arte, recanto mágico. Tudo isto se cantou, se recordou, se pintou, num hino marcante, que não poderia findar…
A II edição, decorre de 2 a 4 de Maio, com a temática chave do evento a incidir sobre « Os Nossos Rios».
De entre as várias actividades a desenvolver, no primeiro dia haverá algumas palestras/ conferências, que abordarão a importância do rio como âncora de desenvolvimento do Concelho, associado a uma matriz natural, lúdica e turística, todavia em perspectivas que os distingam uns dos outros.
A abordagem a este tema central reunirá um conjunto de oradores, com destaque para a participação de Monsenhor Pe. Ângelo Minhava, os jornalistas António Costa Pereira, Dr. José Alberto Faria, José Teixeira da Silva e um técnico convidado, ligado à área da preservação da natureza e ambiente.
Como não poderia deixar de acontecer, estará patente uma exposição de fotografia e pintura dos artistas mondinenses. Ao mesmo tempo, com a colaboração destes, o evento pretende lançar um concurso, subordinado à temática dos rios, nas modalidades: fotografia, pintura e escrita. Todos os interessados em participar devem contactar a Junta de Freguesia de Mondim de Basto para formalizar a sua inscrição e obter as normas que irão regulamentar os referidos concursos.
O segundo dia do evento dará lugar à homenagem ao Poeta, Escritor e Ex. Director do antigo Externato de Nossa Senhora da Graça, Dr. Nelson Vilela, feita pelos antigos alunos, professores. Ao fim da tarde, terá lugar a apresentação dos livros de José Teixeira da Silva e Adelino Ínsua. A Freguesia aproveitará para homenagear a obra histórico-jurídica, cultural e religiosa produzida pelo saudoso investigador Dr. António Borges de Castro atribuindo ao Acervo Documental da Junta de Freguesia o seu distinto nome.
No Terceiro e último dia, segunda-feira, o evento será destinado às escolas para visitas à exposição e haverá a apresentação de um livro em Homenagem aos 900 anos de D. Afonso Henriques, do autor Pedro Seromenho, finalizando com uma sessão de encerramento, onde serão atribuídos os prémios dos concursos. Uma vez que a parte cultural não pode viver sem a expressão musical, haverá momentos que servirão para suavizar e engrandecer a alma com a chama que a música naturalmente desperta.

O Executivo

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.