Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 02-02-2009

SECÇÃO: Desporto

Taça A. F. Braga
Afastamento dos quartos de final em jogo polémico

Cabeceirense 0 – Silvares 1
O Atlético recebeu a equipa do Silvares num jogo com pouco público, onde a chuva predominou e a arbitragem foi péssima prejudicando claramente o Cabeceirense. O terreno de jogo, apesar de escorregadio, estava em boas condições.
Numa partida equilibrada e marcações bastante cerradas, faziam com que não houvesse produtividade na parte atacante. Assim, só aos doze minutos, e através de um passe errado de Alpha, fez com que Feirinha ficasse isolado, rematando ao lado do poste esquerdo. Aos catorze minutos Russo remata forte, com o guardião Rui a ficar preso ao relvado, tendo a sorte da bola sair ao lado, perdendo assim o Atlético um boa oportunidade para marcar o primeiro da partida. O jogo continuou com a equipa do Atlético a pressionar os visitantes e estes a reagirem com mais contenção, terminando a primeira parte empatados sem golos.
Na segunda parte entrou melhor a equipa da casa, e aos 61 minutos Brioco marca após canto de Terinho e falha de Rui, que o arbitro prontamente anulou, assinalando fora de jogo, sendo essa uma má decisão, pois, não existia fora de jogo. Os Visitantes mais na contenção só subiam no campo pela certa, e aos 78’ Daniel obriga Rui a uma boa defesa. Aos 80’ Lima na cara de Rui vê este negar-lhe o golo quase certo. Aos 87 Gomes leva a mão à bola, sem que o auxiliar que estava mais perto do lance nada assinalasse, ficando assim uma grande penalidade por marcar a favor do Cabeceirense que poderia dar a vitória na partida. Assim as equipas terminaram empatados, tendo que ir a prolongamento.
No prolongamento o Cabeceirense sofreu logo ao 3’ minuto o golo irregular, pois Marcelo após cruzamento de Barbosa dá um toque com a mão, ajeitando a bola para o golo, que viria a ditar o afastamento da equipa da casa. O Atlético não desistiu e subiu no terreno de jogo, pressionando e criando oportunidades de marcar, mas a equipa visitante começou a defender e a atacar através do contra ataque, tentando manter a vantagem até ao final, tendo ainda tremido no final da partida, onde o guardião Coelho subiu à área contrária, e quase empatou a partida através de um canto. Jogo este que ainda ficou marcado pelas expulsões, por acumulações de amarelos, de Alpha e Branco do lado do Cabeceirense, aos 107 e aos 123.
O Atlético alinhou com: Coelho, Branco, Zé, Brioco, Garry, Russo, Alpha, Daniel, Piruta (Moura 81), Terinho, Lima; Treinador: Toninho Mendes.
O visitante alinharam com: Rui, Antero, Brandão, Jorginho (Marcelo 85), Pandilha, Catita, Mário Bi, (Dany 64), Feirinha (Preto 71), Barbosa, Fernando, Gomes; Treinador: Carlos Salgado.

Magalhães da Silva

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.