Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 01-12-2008

SECÇÃO: Informação

Dia Mundial da Luta Contra a Sida assinalado em Cabeceiras de Basto

Centro Novas Oportunidades promove sessão

Externato S. Miguel de Refojos sensibiliza alunos e professores em sessão que decorreu no Auditório Municipal Ilídio dos Santos
Externato S. Miguel de Refojos sensibiliza alunos e professores em sessão que decorreu no Auditório Municipal Ilídio dos Santos
O Centro Novas Oportunidades da EB 2,3 de Refojos de Basto, assinalou no dia 28 de Novembro, o Dia Mundial da Luta Contra a Sida, com uma palestra aberta à população.
Este encontro de sensibilização foi gizado com o objectivo de despertar a consciência social dos cidadãos cabeceirenses para os efeitos nefastos das doenças sexualmente tramíssiveis, pretendendo-se desta forma, abrir um espaço de debate sobre as técnicas e os meios de prevenção. A sessão foi conduzida pela Delegada Concelhia de Saúde, Drª Fátima Dourado, que durante a jornada esclareceu os presentes e abordou este tema, lembrando que a Sida existe.

Externato S. Miguel informa alunos

Também o Externato S. Miguel de Refojos assinalou a efeméride, que anualmente se realiza a 1 de Dezembro, promovendo uma sessão de sensibilização e informação a cerca de uma centena de jovens que se deslocaram ao Auditório Municipal no dia 28 de Novembro. Professores, alunos e enfermeiros, juntaram-se para saber um pouco mais sobre como evitar este flagelo. Durante a jornada foi projectado um filme com relatos de pessoas infectadas, muitas delas porque não se protegeram.
Sessão promovida pelo Centro Novas Oportunidades da EB 2,3 muito participada
Sessão promovida pelo Centro Novas Oportunidades da EB 2,3 muito participada
Uma sessão, que captou a atenção dos alunos, que assim, ficaram conscientes de que esta é uma doença que pode ser evitada, bastando sobretudo, a aposta na prevenção.

Governo anuncia testes grátis de VIH


De referir que no âmbito das comemorações do Dia Mundial de Luta Contra a Sida, o Governo anunciou a disponibilização de 300 mil euros anuais para a realização de testes gratuitos ao VIH. Até agora, só uma pequena minoria podia realizar estes testes gratuitos, nomeadamente as grávidas. A coordenação nacional pretente assim, implementar as medidas na área da infecção VIH/SIDA, ainda no primeiro semestre de 2009. Também no próximo ano, os doentes infectados pelo VIH, vão ter acesso a cheques-dentista. Uma medida positiva, já que o alargamento da rede de testes gratuitos tende a diminuir essa percentagem apresentando um retrato mais fiável da epidemia.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.