Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 29-09-2008

SECÇÃO: Informação

Escola Tecnológica de Lameiros acolhe
Curso Técnico de Apoio à Gestão

A Escola Tecnológica de Lameiros, deste concelho, acolhe a partir de 15 de Setembro, o Curso Técnico de Apoio à Gestão. Trata-se de um curso de formação e de aprendizagem promovido pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto em parceria com o Centro de Emprego de Basto e o Centro de Formação de Chaves.
Inscritos estão quinze alunos, que agora deram início a esta formação que se prolongará pelo período de três anos e que resulta da aposta que vem sendo feita na valorização dos recursos humanos deste concelho. Uma oportunidade que não deve ser desperdiçada, disse na ocasião o Director do Centro de Emprego de Basto, por se tratar de um Curso planeado para ir ao encontro das necessidades do mercado. Como tal, se houver empenho, os alunos terão no final grandes probabilidades de integração no mercado de trabalho. O director do Centro de Formação agradeceu ainda, a frutífera colaboração que tem recebido da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e da Emunibasto e que tem sido bem sucedida.

foto
Equivalência ao 12º Ano

Este Curso Técnico de Apoio à Gestão, além da qualificação, garante também a equivalência ao 12º ano de escolaridade.
Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Engº Joaquim Barreto, que ali se deslocou, juntamente com a Vereadora da Educação, Profª Stela Monteiro e outros responsáveis municipais pela área da formação, tendo em vista proceder à abertura formal deste Curso, referiu que hoje em dia é cada vez mais importante possuir uma qualificação uma vez que a sociedade é cada vez mais competitiva e exigente. Qualificação esta, que deve ser uma opção para a vida. O autarca apelou para o empenho dos formandos na aquisição de novos conhecimentos que serão certamente uma mais valia para melhorar a qualidade de vida e o seu bem-estar.
O autarca apelou ainda, ao acompanhamento dos encarregados de educação e ao importante papel a desempenhar por parte dos formadores a quem cabe incutir nos jovens uma postura de responsabilidade e de aproveitamento deste tipo de formação que o Estado vem suportando.
O Presidente da Câmara considerou por fim, que se trata de uma área com futuro, que pode criar novas oportunidades laborais aos Cabeceirenses.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.