Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 16-06-2008

SECÇÃO: Opinião

foto
BARCO À VELA
PONTOS DE VISTA

1. Tenho, nestas páginas (como aliás em outras sedes), criticado acerbamente o nosso governo, com a autoridade que me assiste, enquanto cidadão livre e, até, enquanto votante desta (muito complexa) maioria que nos conduz.
2. As minhas críticas nascem, quase sempre, de um sentimento de desilusão e de desencantamento. Várias vezes referi o desconforto que há em não ver, entre o partido que escolhemos e os outros, diferenças significativas. Alguns pontos de concórdia (entre PS e PSD) chegam a escandalizar-me, por configurarem a cinzenta capitulação perante o liberalismo mais cínico.
3. Contudo, não me coíbo de tirar o chapéu ao Partido Socialista que, na companhia de Bloco de Esquerda e Partido Comunista, há cerca de mês e meio, chumbou na Assembleia da República uma proposta do CDS/PP contra a Escola Pública. Os derrotados foram o dito CDS/PP e o PSD.
4. Afinal, ainda há diferenças; ainda bem.
5. Em contraponto, li (com mal digerido espanto e dolorosa indignação) um artigo de Daniel Bessa, no “Expresso” de 7 de Junho, onde o antigo ministro “socialista” (?) lembrava, com comovente preocupação, a necessidade de acautelar as “legítimas expectativas” dos accionistas das grandes empresas pretrolíferas. O articulista respondia assim à proposta de alguns sectores que, vendo o problema de uma outra (contrária) perspectiva, aventavam a possibilidade de o governo, para prevenir especulações, congelar os preços dos combustíveis.
6. Daniel Bessa pouco se deteve no drama de portugueses pobres e remediados. Escolheu, como ponto de vista, os lucros eventualmente em risco dos senhores accionistas. É o seu modo de ver…
7. Conheço muita gente que pensa como ele. Alguns, depois de se aliviarem destas opiniões tão sérias, vão à missinha e dão esmola, nesse reduto antiquíssimo da hipocrisia que, se vista distraidamente, parece bondade.

Por: Joaquim Jorge Carvalho

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.