Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 26-05-2008

SECÇÃO: Opinião

A VIAGEM…

foto
Um dia,
a luz estendeu-me a mão…
Então, consegui levantar-me do que era escuridão.
Muito lentamente, ergui os olhos e vi:
- O clarão que me acariciou
só para me tirar um sorriso!
Por isso, sorri…
E, quanto mais sorria,
Mais claridade encontrava…
Depressa, descobri como é bom estar assim:
No céu a sorrir!...
Percebi, depois, que aquilo tudo
poderia durar o tempo que eu quisesse…!
Só precisava de olhar…
De sorrir…
E, tinha de acreditar!
Na estrada da vida,
existem mil clarões que nos querem
oferecer um abraço a cada manhã…
Mas, para que tudo isso aconteça,
é necessário que tudo brilhe dentro de nós
e, assim, tocar o brilho
que nos chega lá do alto.
Quando isso acontece, é muito bom viver!
E, não adianta seguir na estrada sem luz!...
A falta de luz é um vazio infinito!!!
É melhor que tudo seja iluminado…
Para nos pormos a dançar ao som de risos.
E, depois, podemos dizer que
hoje é o dia mais bonito das nossas vidas!

Por: Magda Teixeira

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.